Política

Banrisul suspende desconto de parcelas de consignado estadual por 120 dias

O Banrisul informou que, em complemento à medida apresentada pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, de antecipação de metade do 13º salário, vai prorrogar operações de crédito consignado (descontado em folha) contratadas pelo funcionalismo estadual. A medida suspende a cobrança das parcelas nas folhas de pagamento de maio, junho, julho e agosto e vale para servidores do Executivo, Legislativo e Judiciário. De acordo com o Banrisul, a suspensão é automática e cabe ao cliente indicar caso prefira seguir sendo descontado.

“É uma medida em linha com tantas outras ações fundamentais que o governo estadual vem realizando com o apoio de outras esferas públicas e sociedade civil”, diz o presidente do Banrisul, Fernando Lemos.

De acordo com Lemos, o banco vai possibilitar a prorrogação de quatro parcelas dos contratos em andamento, via aplicativo. As parcelas prorrogadas serão agendadas para o prazo final do contrato, acrescidas de mais quatro meses.

Além desse anúncio, o Banrisul já havia divulgado na quarta-feira, 8, outras medidas emergenciais de apoio aos clientes. Entre elas, o crédito de R$ 7 bilhões em linha específica de capital de giro, na Conta Única para todas as empresas – MEI, micro, pequenas, médias e grandes empresas.

Já para pessoa física, o banco anunciou a repactuação de três parcelas das operações de crédito pessoal e a suspensão da cobrança das faturas de maio e junho dos cartões de crédito. Os clientes que precisarem também podem suspender o pagamento de três parcelas do crédito imobiliário Banrisul, diluindo no prazo remanescente do contrato.

Para os clientes com crédito rural, o vencimento das operações de maio e junho será prorrogado para o mês de julho. Já para os clientes Vero, o banco anunciou que as empresas e pessoas físicas credenciadas terão isenção de tarifas pelo prazo de 60 dias nos meses de maio e junho.

To Top