Benefícios

FGTS expande financiamento para imóveis usados

FGTS Fundo de Garantia mixvale
Criação www.mixvale.com.br

Em um movimento estratégico para ampliar o acesso à moradia no Brasil, o governo federal anunciou um aumento significativo nos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) destinados ao financiamento de imóveis usados dentro do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV). A partir de 18 de maio de 2024, famílias com renda até R$ 4.400 terão mais facilidade para adquirir a casa própria, graças a um aumento de recursos de R$ 995 milhões para R$ 1.393 bilhões.

Impacto Ampliado na Habitação

Este ajuste promete não só facilitar o financiamento de moradias para as famílias de menor renda, mas também estabelecer um recorde na contratação de 550 mil unidades habitacionais até o final do ano. Essa expansão é uma resposta direta à crescente demanda por imóveis usados, que já representaram 25% das contratações financiadas pelo MCMV no ano anterior.

Benefícios Regionais e Diversificação de Ofertas

Além de beneficiar famílias de baixa renda, o plano de expansão do FGTS também inclui ajustes nas faixas de renda mais alta, como a faixa 3 do MCMV e o programa Pró-cotista, com foco especial nas regiões Sul e Sudeste do país. Nestas áreas, famílias com renda acima de R$ 5.500 poderão aproveitar condições mais vantajosas para a entrada na compra de imóveis.

Foco Especial em Mato Grosso do Sul

Particularmente no Mato Grosso do Sul, o programa promete um impacto considerável, com previsão de beneficiar cerca de 1.720 novas moradias em várias cidades, incluindo a capital Campo Grande, que lidera com o maior número de unidades habitacionais planejadas.

Como Acessar os Benefícios?

As famílias interessadas devem se dirigir às agências da Caixa Econômica Federal para iniciar o processo de financiamento sob as novas condições. A Caixa também disponibiliza orientações e suporte através de seus canais digitais e físicos para facilitar o acesso às novas oportunidades.

Perspectivas para o Futuro

Com essas mudanças, o governo federal reafirma seu compromisso com a promoção de uma moradia digna e acessível, buscando adaptar as políticas habitacionais às necessidades reais das famílias brasileiras de diversas faixas de renda. A expectativa é que essas medidas incentivem ainda mais a inclusão social e o desenvolvimento econômico por meio do acesso facilitado à habitação.

To Top