Brasil

Golpistas se passam por Luiza Trajano, do Magalu, para pedir falsas doações ao Rio Grande do Sul

magazine-luiza-pode-levantar-quase-r-2-bilhoes-em-oferta-publica-de-acoes-100334-1

A empresária Luiza Trajano, presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza, avisou nas redes sociais que seu nome tem sido usado por criminosos para aplicarem golpes virtuais. Por Whatsapp, eles afirmam buscar doações para o Rio Grande do Sul, que sofre com enchentes desde o início de maio.

Em uma das variações de mensagens enviadas pelos golpistas, eles contam que uma operação de ajuda aos gaúchos está ameaçada pela falta de doações. “Centenas de pessoas não terão comida e nem um lugar seguro para ficar. Estamos desesperados”, alegam. E continuam, antes de compartilhar a chave Pix: “Se cada um puder ajudar um pouquinho que seja, a gente consegue manter esse trabalho”. É importante, no entanto, ter em mente que os celulares usados e as histórias contadas pelos criminosos podem variar.

Em sua rede social, a empresária Luiza Trajano pede que os contatos desconsiderem qualquer pedido de dinheiro em seu nome. Segundo ela, uma equipe já está tomando as providências cabíveis contra as fraudes.

Os golpistas enviam mensagens variadas, mencionando uma suposta operação de ajuda humanitária em risco devido à escassez de doações. “Centenas de pessoas não terão comida nem um lugar seguro para ficar. Estamos desesperados”, dizem em uma das mensagens. Antes de compartilhar uma chave Pix para as doações, eles completam: “Se cada um puder ajudar um pouquinho que seja, conseguiremos manter este trabalho”. No entanto, é importante ressaltar que tanto os números de telefone quanto as histórias usadas pelos criminosos podem variar.

Luiza Trajano pediu a seus seguidores que desconsiderem qualquer pedido de dinheiro feito em seu nome e garantiu que sua equipe já está tomando as medidas legais cabíveis para combater esses golpes.

To Top