Internacional

Biden e Trump aceitam participar de debates em 27 de junho e em setembro

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e o ex-presidente Donald Trump concordaram, nesta quarta-feira, 15, em realizar dois debates de campanha em junho e setembro – o primeiro em 27 de junho, organizado pela CNN. Os dois lados, no entanto, divergem em detalhes importantes, como as regras básicas para os confrontos presidenciais.

Mais cedo, Biden havia dito que não participará dos debates presidenciais previstos pela comissão apartidária que os organiza há décadas, que ocorreriam a partir de setembro. A campanha do democrata propôs, em vez disso, que os meios de comunicação organizassem diretamente o encontro entre Trump e Biden, os prováveis candidatos de seus partidos às eleições presidenciais de novembro.

Trump, numa publicação no seu site Truth Social, disse que estava “pronto e disposto a debater” Biden nos momentos propostos.

Horas depois, Biden disse que aceitou um convite da CNN para um debate em 27 de junho, acrescentando: “É com você, Donald. Como você disse: em qualquer lugar, a qualquer hora”. Trump disse à Fox News Digital que aceitou o convite: “Estarei lá”, disse ele ao canal.

Ainda assim, os dois lados pareciam ter diferenças significativas em questões-chave sobre como organizar os debates, incluindo os parceiros de comunicação social, moderadores, localização e regras – algumas das mesmas questões que motivaram a formação da Comissão de Debates Presidenciais em 1987.

A proposta de Biden excluiria candidatos independentes, como Robert F. Kennedy Jr. Fonte: Associated Press.

To Top