Economia

ADL Mineração fica com 1º contrato de cessão onerosa de uso da INB

A Indústrias Nucleares do Brasil (INB) informou que assinou com a ADL Mineração e Participações o seu primeiro contrato de cessão onerosa de direito de uso, por um período de 30 anos, para a Unidade em Descomissionamento de Buena, no município de São Francisco de Itabapoana, no Estado do Rio de Janeiro.

Segundo o presidente da INB, Adauto Seixas, a unidade de Buena atuava na comercialização de minerais como ilmenita, zirconita, rutilo e monazita.

“Com essa cessão, a INB deixará de ter um custo fixo de R$ 1,1 milhão por mês, e passará a receber valores de uma parcela fixa de R$ 100 mil por mês, somados aos royalties sobre a receita da empresa cessionária e mais um porcentual para a composição do Fundo de Descomissionamento da unidade”, explicou Seixas em nota.

A cessão onerosa é referente ao uso da Usina de Beneficiamento e das demais instalações e áreas da Unidade para realização do processamento de minerais a serem extraídos de jazidas cujos respectivos direitos minerários sejam de titularidade da empresa vencedora.

A cessão de Buena é uma das ações voltadas a novos negócios planejadas pela empresa, que criou recentemente a Superintendência de Novos Negócios e Minerais Estratégicos. A estimativa é que a INB alcance uma economia de R$ 390 milhões nos 30 anos de vigência do contrato de concessão de Buena, além de passar a ter receita com a unidade.

Além da cessão de Buena, a INB ainda está em meio a mais três ações voltadas a novos negócios, que devem gerar mais de R$ 70 bilhões em recursos para a empresa nos próximos 15 anos.

A próxima oferta pública deverá ser a Proposta de Manifestação de Interesse (PMI) da Mina de Figueira, no Paraná, onde existem reservas de carvão, molibdênio e urânio.

Também será oferecida, no âmbito da PMI, a Mina de Rio Cristalino, no Pará, onde existem reservas de urânio de alto valor agregado. A terceira será a venda de Torta II, que é o resíduo da extração de areia monazítica, que possui minerais agregados.

To Top