Internacional

Eleições/UE: direita anti-imigração obtém mais votos que partido governista na Eslovênia

O Partido Democrático Esloveno (SDS, na sigla em inglês), de oposição de direita, obteve o maior número de votos nas eleições para o Parlamento Europeu na Eslovênia, desferindo um golpe ao governista Movimento pela Liberdade, do primeiro-ministro Robert Golob.

O SDS obteve 30,8% dos votos, ou quatro dos nove assentos parlamentares da Eslovênia, enquanto o partido de Golob teve 22,1%, ou duas cadeiras, de acordo com as autoridades eleitorais. As três cadeiras restantes foram para partidos menores.

O líder do SDS, Janez Jansa, um aliado anti-imigração do primeiro-ministro linha-dura da Hungria, Viktor Orbán, instou a coalizão governista a dissolver o Parlamento e a convocar eleições antecipadas.

Golob, no entanto, disse estar satisfeito com o resultado e que, em geral, os partidos de centro-esquerda obtiveram mais votos do que os grupos de direita. Fonte: Associated Press.

To Top