Benefícios

Aposentadoria com solicitação gratuita no INSS

agencia do inss previdencia social aposentadoria
JERO SenneG's / Shutterstock.com

Aposentadoria com solicitação gratuita no INSS Conseguir uma aposentadoria adequada é um dos grandes objetivos de vida para muitos brasileiros. Com a chegada de 2024, é essencial estar informado sobre as novas diretrizes do INSS, decorrentes da Reforma da Previdência de 2019. Este guia prático esclarece as principais mudanças e como elas podem impactar seu planejamento.

Regras de Transição para Aposentadoria

A reforma da previdência implementou regras de transição para suavizar as mudanças para quem já contribuía para o INSS. Essas regras variam conforme o histórico de cada trabalhador e escolher a mais vantajosa requer um bom entendimento do caso específico. A transição cobre desde a aposentadoria por idade até a aposentadoria especial, cada uma com seus critérios.

Principais Mudanças com a Reforma

Antes da reforma, as regras permitiam aposentadoria por idade ou tempo de contribuição com critérios diferentes para homens e mulheres. A reforma ajustou esses critérios, aumentando as idades e tempos de contribuição necessários, além de modificar o cálculo dos benefícios para garantir maior equidade e sustentabilidade do sistema.

Detalhamento das Regras de Transição

As regras de transição para 2024 abrangem diversos cenários:

  • Por Idade: Aumento gradual da idade mínima para mulheres até 62 anos e manutenção dos 65 anos para homens, ambos com 15 anos de contribuição.
  • Por Pontos: Soma da idade com o tempo de contribuição, exigindo-se 91 pontos para mulheres e 101 para homens em 2024.
  • Idade Progressiva: Combinação de idade mínima com tempo de contribuição, aumentando semestralmente até os limites estabelecidos.
  • Pedágio 50%: Exige um “pedágio” adicional sobre o tempo que faltava para aposentar na regra antiga, sem idade mínima.
  • Pedágio 100%: Opção para quem aceita contribuir pelo dobro do tempo que faltava para se aposentar pela regra antiga, sem aplicação do fator previdenciário.

Planejamento é Fundamental

A complexidade das novas regras destaca a importância de um planejamento previdenciário personalizado. Profissionais especializados podem fornecer um mapa detalhado das melhores opções de aposentadoria baseadas em seu histórico de contribuições, garantindo que você faça a escolha mais benéfica.

Aposentadoria Especial

As regras de acesso à aposentadoria especial foram alteradas pela Emenda Constitucional nº 103, de 13/11/2019. Para quem já estava no Regime Geral de Previdência Social (RGPS) antes da reforma, foram criadas regras de transição que permitem a aposentadoria com base nas normas antigas.

Requisitos Principais:

  • Tempo de Contribuição: 25, 20 ou 15 anos, conforme o agente prejudicial à saúde.
  • Exposição Permanente: A exposição a agentes nocivos deve ser permanente, não ocasional nem intermitente.
  • Carência: Mínimo de 180 meses de contribuição.

Regras de Transição (Art. 21 da EC. 103/2019):

Para segurados filiados até 13/11/2019 que não cumpriram os requisitos até essa data, aplica-se a regra de transição:

  • Pontuação Mínima: Somatório de idade, tempo de contribuição e tempo de exposição:
    • 86 pontos para 25 anos de exposição.
    • 76 pontos para 20 anos de exposição.
    • 66 pontos para 15 anos de exposição.

Documentação Necessária

Para solicitar a aposentadoria especial, é essencial apresentar documentos que comprovem a exposição a agentes nocivos, como o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP), fornecido pelos empregadores. A comprovação pode ser feita em meio físico ou eletrônico.

Requerimento do Benefício

O atendimento para solicitar a aposentadoria especial é realizado à distância, sem a necessidade de comparecimento presencial nas unidades do INSS, exceto quando solicitado para complementação de informações ou apresentação de documentos essenciais.

Emitir Extrato de Contribuição (CNIS)

O CNIS é o documento que informa todos os seus vínculos, remunerações e contribuições previdenciárias. Existem três tipos de extratos disponíveis:

  • Relações Previdenciárias: Informações dos períodos trabalhados e/ou contribuídos.
  • Relações Previdenciárias e Remunerações: Informações dos períodos trabalhados e/ou contribuídos e os valores das remunerações.
  • Ano Civil: Informações das contribuições, ano a ano, a partir de 11/2019.

Este pedido é realizado totalmente pela internet, você não precisa ir ao INSS.

To Top