Últimas Notícias

Por onde andam os brasileiros que apareceram em lista de ‘desaparecidos’ de jornal espanhol?

O jornal As, da Espanha, gerou repercussão entre torcedores ao listar 13 jogadores que despontaram no futebol, mas depois “desapareceram”. O Brasil é o país com o maior número de representantes no rol dos “sumidos” — são seis, ao todo.

Em sentença inédita na Espanha, torcedores do Valencia são condenados à prisão por insultos racistas contra Vini Jr

Entenda: Endrick pede espaço na seleção brasileira e pode mudar dinâmica do time

Veja abaixo, em fotos, que brasileiros são esses:

Mas, afinal, por onde eles andam? Saiba por onde anda cada um deles:

Reinier

“Trinta milhões de euros foram pagos pelo Real Madrid ao Flamengo na temporada 2019-20 para assinar com a promessa (na época) de Brasília. No clube branco, nunca conseguiu encontrar lugar porque esteve emprestado a várias equipes: Borussia Dortmund, Girona FC e o último deles Frosinone”.

Atualmente, a joia rubro-negra atua pelo Frosinone, na Série B da Itália. A imprensa internacional diz que o Real Madrid quer negociar definitivamente o meia para recuperar o investimento de 2020.

Paulinho

“Em 14 de agosto de 2017, assinou pelo Barcelona por 40 milhões de euros. Depois de vestir a camisa blaugrana, jogou pelo Guangzhou FC, Al-Ahli e Corinthians”. Ele se despediu do Timão em maio e, atualmente, busca uma nova equipe.

Lucas Silva

“O brasileiro, que ingressou no Real Madrid no mercado de inverno de 2015, mal teve participação na equipe branca. Atualmente defende as cores do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro.”

Alexandre Pato

“O atacante nascido em Pato Branco atualmente está sem time, mas na sua época foi uma das maiores promessas do Brasil. Na temporada 2007-08, o Milan pagou ao Internacional quase vinte e cinco milhões para contratá-lo.”

Oscar

“Oscar dos Santos Emboaba Júnior era na época um dos jogadores mais promissores do Brasil. O Chelsea pagou mais de trinta milhões de euros ao São Paulo para contratá-lo na temporada 2009-10.

Atualmente, ele joga pelo Shanghai Port na Superliga Chinesa.

Malcolm

“O brasileiro está atualmente no Al-Hilal, da Saudi Pro League. Conhecido na Espanha pela passagem pelo Barcelona, que pagou ao Bordeaux mais de quarenta milhões de euros para o contratar.”

Além dos brasileiros

A publicação também cita nomes de atletas não tão conhecidos no Brasil, mas que foram promessas em outros momentos do futebol europeu. Quem não se lembra, por exemplo, do atacante Éder, que marcou o gol que deu o inédito título da Eurocopa a Portugal, em 2016? Citado pelo As, o jogador está sem time desde o início de 2022, quando se despediu do Al-Raed, da Arábia Saudita.

O jornal citou ainda dois jogadores que brilharam em Copas do Mundo, mas não conseguiram seguir com as boas atuações por seus clubes. Denis Cheryshev, destaque da Rússia que sediava o mundial de 2018, foi revelado nas categorias de base do Real Madrid, clube pelo qual acabou não se firmando, antes de rodar por times de menor expressão, até chegar ao Venezia, da segunda divisão italiana.

Outro foi Adel Taarabt, destaque da surpreendente campanha marroquina na Copa do Catar (com o país fazendo a melhor campanha na história de um africano, com o quarto lugar). Depois de rodar por clubes ingleses e não conseguir se firmar, ele defende atualmente o Al-Nasr, dos Emirados Árabes Unidos.

Outros nomes também citados foram Hatem Ben Arfa, Dmytro Chyhrynskyi, Jeffrén Suárez e Ilaix Moriba (esses últimos três ex-Barcelona).

To Top