Economia

Fed/Powell: não será apropriado reduzir juros até termos confiança no progresso da desinflação

mixvale

O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, reiterou que não será apropriado reduzir juros nos EUA até que o banco central tenha confiança no progresso da desinflação. Por outro lado, Powell destacou que a inflação “não é mais o único risco” enfrentado pelo BC americano, considerando a desaceleração significativa dos preços e do mercado de trabalho desde o início do aperto monetário.

“Os dados de inflação no primeiro trimestre de 2024 não nos deram confiança no progresso rumo à meta. Contudo, dados recentes mostram progresso modesto e expectativas ancoradas”, apontou o presidente do Fed, em discurso preparado para testemunho no Senado dos EUA. “Mais dados bons podem fortalecer nossa confiança em queda sustentada da inflação.”

Powell reforçou que, para lidar com os riscos dos dois lados do mandato, as decisões serão tomadas a cada reunião, para permitir que o Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla) analise dados e perspectivas para a economia antes de decidir o “caminho apropriado para política monetária”. Ele lembrou que reduzir os juros cedo demais pode reverter o progresso da desinflação, ao mesmo tempo em que reduzi-los tarde demais pode enfraquecer a economia e o emprego.

To Top