Últimas Notícias

Morre o cantor mexicano Adrián Olivares, ex-Menudo, aos 48 anos

mixvale

O cantor Adrián Olivares faleceu aos 48 anos, no México. Ele ficou conhecido por integrar o grupo Menudo, sucesso no início da década de 1990. A notícia do falecimento foi dada por colegas de grupo nesta segunda-feira (8). Posteriormente, foi informada que a morte se deu após complicações cirúrgicas. Adrián foi diagnosticado com doença de Chron, uma síndrome gastrointestinal crônica, grave, que atinge as paredes do intestino e é fator de risco para o câncer.

Novos passos: Confirmada no ‘Poesia Acústica 16’, Ana Castela anuncia novo feat com Ryan SP e MC Daniel

‘Deadpool & Wolverine’: A caminho do Brasil, Ryan Reynolds e Hugh Jackman se divertem em pré-estreias pelo mundo

Também ex-Menudo, Sérgio Blass publicou uma foto antiga ao lado de Adrián: “Voe alto, irmãozinho. E muita força para sua família. Você sempre foi maduro para sua idade e seu carisma era inigualável. Você sempre será um dos bons e para sempre viverá no nosso coração”, disse o artista.

Robert Avellanet, que também foi companheiro de Adrián no Menudo nos anos 1990, publicou uma foto do rosto do amigo e disse ainda estar em choque com a notícia. “Força para sua família. Feliz transição para a sua alma. Sempre me lembrarei do seu grande senso de humor. Encontramo-nos lá, irmão. Descanse em paz, Adrian”, disse o cantor.

O Menudo foi um grupo surgido no final da década de 1970 e que teve várias formações até o encerramento das atividades em 2009. Adrián fez parte do terceiro grupo e foi o primeiro cantor que não era de Porto Rico a integrar a banda. O artista mexicano veio ao Brasil em 1990, para divulgar com os integrantes o álbum “Os últimos heróis”. Ele permaneceu até o encerramento temporário do grupo em 1993.

To Top