Política

PF prende secretário de educação de Belford Roxo apreende R$ 2,6 mi desviados da merenda

mixvale

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal abriram na manhã desta terça, 9, a Operação Fames contra o desvio de recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. O Secretário de Educação do município, Denis de Souza Macedo, foi preso sob suspeita de envolvimento em um esquema que teria desviado pelo menos de R$ 6.140.602,60 em dinheiro que serviria à compra de merendas escolares.

Agentes foram às ruas para vasculhar 21 endereços de busca e apreensão. Durante as diligências, foram apreendidos R$ 2,6 milhões em espécie, além de quatro veículos, documentos e celulares. As ordens foram expedidas pela 7ª Vara Federal do Rio.

A ofensiva apura supostos crimes de documento falso, peculato, corrupção passiva e ativa, fraude à licitação e lavagem de dinheiro. O nome da operação, “Fames”, faz alusão à deusa da fome na mitologia romana, indicou a PF.

Segundo a corporação, a investigação mira um grupo de agentes públicos da Secretaria de Educação de Belford Roxo que atuam em conluio com as fornecedoras de merenda escolar e seus dirigentes para operar as fraudes.

Os desvios se davam por meio de “sucessivos pagamentos superfaturados, baseados em documentação falsa”, diz a PF. Além disso, a corporação investiga o pagamento de propinas, fornecedoras de merenda a agentes públicos do município de Belford Roxo.

To Top