Benefícios

Saque-Aniversário do FGTS; entenda como funciona as retiradas dos valores

fundo de garantia fgts caixa
Imagem Mix Vale

Saque-Aniversário do FGTS; entenda como funciona as retiradas dos valores O saque-aniversário do FGTS tem se destacado como uma opção atrativa para trabalhadores que desejam acessar anualmente uma parte dos seus recursos. Implementado durante a pandemia em 2020, essa modalidade oferece um fluxo de caixa adicional, essencial em momentos de necessidade financeira. Conheça mais sobre o funcionamento dessa opção e as datas importantes para 2024.

ENTENDENDO O SAQUE-ANIVERSÁRIO DO FGTS

O saque-aniversário permite aos trabalhadores retirarem parte do saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) todo ano, no mês do seu aniversário. Embora ofereça acesso mais frequente aos recursos, há restrições, como a impossibilidade de sacar o valor total depositado na conta em caso de demissão sem justa causa. Nessa situação, o trabalhador terá direito apenas ao saque-rescisão, correspondente a 40% do saldo do FGTS.

COMO ADERIR AO SAQUE-ANIVERSÁRIO?

A adesão ao saque-aniversário é simples e pode ser feita pelo aplicativo ou site do FGTS. Veja como proceder:

  1. Acesse sua conta no aplicativo ou site do FGTS.
  2. Navegue até a opção de autorização para consulta de saldo e condições.
  3. Selecione a Caixa Econômica Federal e confirme sua escolha.

Após a adesão, o trabalhador deve permanecer na modalidade por pelo menos 25 meses. Durante esse período, em caso de desligamento da empresa, ele não poderá sacar o total do saldo, apenas os percentuais do saque-aniversário.

DATAS DE SAQUE-ANIVERSÁRIO EM 2024

A Caixa Econômica Federal divulgou o calendário de 2024 para o saque-aniversário do FGTS. Os saques começam no início de cada mês e se estendem até o final do terceiro mês seguinte. Confira o calendário completo:

  • Janeiro: de 2 de janeiro a 29 de março
  • Fevereiro: de 1º de fevereiro a 30 de abril
  • Março: de 1º de março a 31 de maio
  • Abril: de 1º de abril a 28 de junho
  • Maio: de 2 de maio a 31 de julho
  • Junho: de 3 de junho a 30 de agosto
  • Julho: de 1º de julho a 30 de setembro
  • Agosto: de 1º de agosto a 31 de outubro
  • Setembro: de 2 de setembro a 30 de novembro
  • Outubro: de 1º de outubro a 29 de dezembro
  • Novembro: de 1º de novembro a 31 de janeiro de 2025
  • Dezembro: de 2 de dezembro a 28 de fevereiro de 2025

ANTECIPAÇÃO DO SAQUE-ANIVERSÁRIO

Para aqueles que precisam de fundos rapidamente, é possível antecipar até cinco saques do saque-aniversário. Esta facilidade é oferecida diretamente pela Caixa Econômica Federal, sem necessidade de análise de crédito. As taxas aplicadas são competitivas em relação a outras linhas de crédito.

Optar pela antecipação requer planejamento financeiro, já que compromete os recebíveis futuros. Avalie cuidadosamente suas necessidades e possibilidades para evitar dificuldades econômicas nos próximos anos.

O saque-aniversário do FGTS é uma excelente alternativa para trabalhadores que buscam maior liquidez e flexibilidade no uso dos seus recursos. No entanto, é crucial estar atento às condições e restrições dessa modalidade para tomar decisões financeiras bem informadas. Fique atualizado sobre o calendário de saques e explore as opções de antecipação se precisar de recursos adicionais de forma rápida.

O que é o FGTS?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é constituído pelos saldos das contas vinculadas, formadas pelos depósitos realizados pelos empregadores em nome dos trabalhadores.

Por que o FGTS foi criado?

O Fundo nasceu com o objetivo de garantir ao trabalhador uma indenização pelo tempo de serviço nos casos de demissão sem justa causa e ainda propiciar a formação de uma reserva a ser utilizada por ele, quando de sua aposentadoria, ou por seus dependentes, quando do seu falecimento.

O FGTS pretendia ser também uma fonte de recursos para o financiamento de programas habitacionais, de saneamento básico e de infraestrutura urbana – o que hoje é uma realidade em todo o país.

Assim, o FGTS tornou-se uma das mais importantes fontes de financiamento habitacional, beneficiando o cidadão brasileiro, principalmente aquele de menor renda.

Como foi criado o FGTS?

O FGTS foi criado pela Lei nº 5.107, de 13 de setembro de 1966 e vigente a partir de 01 de janeiro de 1967. A lei nº 8.036, de 11 de maio de 1990, substituiu a lei nº 5.107 e, hoje, é a principal regulamentação do FGTS.

To Top