Internacional

União Europeia paralisa processo de adesão da Geórgia ao bloco após lei polêmica

mixvale

A adesão da Geórgia à União Europeia foi paralisada e parte do apoio financeiro do bloco ao país foi congelada depois que as autoridades georgianas adotaram uma nova lei que, segundo alguns os críticos, poderia restringir as liberdades democráticas, disse o embaixador da UE na Geórgia, Pawel Herczynski, nesta terça-feira, 9.

De acordo com Herczynski, os líderes da UE tomaram a decisão de suspender o processo durante o último encontro do Conselho Europeu, na sequência da adoção pelas autoridades georgianas da lei sobre “influência estrangeira”, mesmo após de semanas de protestos.

Além disso, um total de 30 milhões de euros em suporte financeiro, destinado ao Ministério da Defesa da Geórgia em 2024, foi congelado, disse Herczynski em entrevista a jornalistas.

“Este é apenas o primeiro passo, haverá outros passos. O nosso apoio direto ao governo da Geórgia será limitado e procuraremos redirecionar o suporte do governo da Geórgia para a sociedade civil e os meios de comunicação”, disse. “É triste ver as relações entre a UE e a Geórgia num momento tão baixo, quando poderiam estar no seu ponto mais alto.”

A lei, que entrou em vigor no mês passado apesar dos protestos em massa e do veto do presidente do país, exige que os meios de comunicação, organizações não governamentais e outros grupos sem fins lucrativos se registrem como “perseguidores dos interesses de uma potência estrangeira” se receberem mais de 20% de financiamento do exterior.

To Top