Benefícios

Bolsa Família com cesta básica através do Cras: quem tem direito

Programa Bolsa Familia
Joa Souza/Shutterstock.com

Bolsa Família com cesta básica através do Cras: quem tem direito Nos primeiros quatro meses de 2024, o preço da cesta básica disparou em todo o país, atingindo R$ 822,84 em São Paulo, o equivalente a 58% do salário mínimo. Esse aumento acentuado é particularmente preocupante para as famílias em situação de vulnerabilidade social.

Embora o Governo Federal não disponha de um programa específico de distribuição permanente de cestas básicas, diversas instituições e organizações não governamentais atuam para fornecer esses itens essenciais às famílias necessitadas. As cestas básicas contêm alimentos essenciais, como ferro, proteínas, fósforo e cálcio, que são vitais para a subsistência.

Programas de Auxílio com Cestas Básicas

Apesar da ausência de um programa federal permanente, várias cidades e estados têm desenvolvido iniciativas próprias para apoiar as famílias. Exemplos notáveis incluem:

  • Moeda Social Arariboia em Niterói, RJ: Beneficia 37 mil famílias com valores de até R$ 700 por mês.
  • Ceará Sem Fome no Ceará: Distribui cartões de R$ 300 para 53 mil famílias.

Se você deseja encontrar programas de auxílio em seu estado, entre em contato com a prefeitura de sua cidade ou procure o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo para realizar a inscrição no Bolsa Família.

Benefícios do Bolsa Família

O programa Bolsa Família oferece um pagamento mensal de R$ 600 e conta com diversos benefícios adicionais que variam conforme a composição familiar, podendo aumentar o valor total recebido. Veja abaixo os benefícios disponíveis:

  • Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por membro da unidade familiar.
  • Benefício Complementar (BCO): Valor adicional para famílias cuja soma dos benefícios não atinja R$ 600.
  • Benefício Primeira Infância (BPI): Acréscimo de R$ 150 por criança de zero a sete anos.
  • Benefício Variável Familiar (BVF): Adicional de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos.
  • Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): Suplemento de R$ 50 para cada integrante com até sete meses de idade (nutriz).
  • Benefício Extraordinário de Transição (BET): Concedido até maio de 2025 para garantir que nenhum beneficiário receba menos do que recebia durante o Auxílio Brasil.
To Top