Benefícios

Negativa no INSS; entenda os motivos principais

INSS Beneficios
rafastockbr/Shutterstock.com

Negativa no INSS; entenda os motivos principais Apesar de todos os esforços para reunir a documentação necessária e seguir os procedimentos corretamente, muitos brasileiros se deparam com a negativa do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ao solicitar a aposentadoria. Conhecer os principais motivos dessa recusa pode ajudar a evitar problemas e aumentar as chances de aprovação. Confira a seguir os cinco motivos mais comuns pelos quais o INSS pode negar seu pedido de aposentadoria.

1. Falta de Documentos

Um dos principais motivos para a negativa do pedido de aposentadoria é a falta de documentos essenciais. Cada período de contribuição exige uma documentação específica, e a ausência de algum desses documentos pode resultar na recusa do pedido. Exemplos frequentes de documentos faltantes incluem:

  • Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) e Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho (LTCAT) para comprovar atividade especial.
  • Documentos rurais para comprovar atividade como segurado especial rural ou pescador artesanal.
  • Guias de Contribuição Previdenciária (GPS) para contribuintes autônomos.

2. Falta de Tempo de Contribuição

Outro motivo comum é a alegação de falta de tempo de contribuição. O tempo de contribuição é um requisito fundamental para a maioria das modalidades de aposentadoria, exceto para a Aposentadoria por Invalidez. Caso o tempo de contribuição não seja suficiente, o INSS pode negar o pedido. É importante verificar os requisitos específicos de cada modalidade de aposentadoria.

3. Atividade Especial Não Reconhecida

Muitas vezes, o INSS não reconhece a atividade especial, mesmo quando o segurado trabalhou em condições insalubres ou perigosas. As razões mais comuns para essa negativa incluem:

  • EPI eficaz: o INSS considera que o Equipamento de Proteção Individual eliminou os riscos do trabalho.
  • Laudo extemporâneo: o Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho foi realizado em período diferente do período de contribuição.
  • Atividade não reconhecida pelo INSS: algumas atividades não são reconhecidas como especiais pelo INSS, como trabalho de vigilante após 1995 e exposição a certos agentes nocivos após 1997.

4. Atividade Rural Não Reconhecida

A comprovação da atividade rural pode ser complexa e, frequentemente, o INSS não reconhece todo o período trabalhado. Os motivos para a negativa podem incluir:

  • Falta de documentação para cada ano trabalhado.
  • Documentação não aceita pelo INSS, como documentos não contemporâneos ou sem referência à atividade rural.
  • O INSS não reconhece atividade rural realizada antes dos 14 anos de idade, embora o Superior Tribunal de Justiça (STJ) tenha entendimento diferente.

5. Contribuições com Pendências no INSS

Pendências nas contribuições também podem resultar na negativa do pedido de aposentadoria. Mesmo que as guias de contribuição tenham sido pagas ou registradas na Carteira de Trabalho, problemas no processamento de dados ou falta de recolhimento pelo empregador podem criar pendências. Para verificar se há pendências, é possível solicitar o Cadastro de Contribuições Sociais no INSS.

O Que Fazer em Caso de Negativa?

Se o seu pedido de aposentadoria foi negado, é importante identificar o motivo da negativa e tomar as medidas necessárias para corrigir a situação. Isso pode incluir a obtenção de documentos faltantes, a regularização de pendências ou a apresentação de recursos administrativos ou judiciais. Consultar um advogado especializado em direito previdenciário pode ser fundamental para garantir seus direitos.

Simular Aposentadoria

Serviço que ajuda a saber quanto tempo falta para se aposentar (por idade ou tempo de contribuição).

A simulação é feita com as informações que estão na base de dados do INSS. Também é possível incluir vínculos e alterar sua data de nascimento no momento da simulação.

O resultado gerado pela calculadora vale somente para consulta e não garante direito à aposentadoria.

Este pedido é realizado totalmente pela internet, você não precisa ir ao INSS.

To Top