Benefícios

Prorrogação automática do Auxílio-Doença; entenda o que foi alterado no INSS

Prédio do INSS previdencia social e aposentadoria
Foto: Rafa Neddermeyer/Agência Brasil

Prorrogação automática do Auxílio-Doença; entenda o que foi alterado no INSS A possibilidade de solicitar a prorrogação automática do auxílio-doença do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) sem necessidade de perícia médica presencial está disponível até o dia 30 de junho. Os pedidos devem ser realizados pela Central Telefônica 135. Esta medida, implementada em outubro de 2023, visa facilitar a renovação do benefício para aqueles que continuam incapazes de retornar ao trabalho.

Inicialmente, a validade da prorrogação era de seis meses, com prazo final em abril, mas foi estendida devido à demanda. A perícia, nesse contexto, é conduzida online por meio da análise de documentos, incluindo atestados médicos.

Para ter direito à prorrogação automática, o trabalhador deve solicitar o benefício ao INSS pelo menos 15 dias antes da data prevista de alta no atestado médico, desde que ainda esteja incapacitado. É necessário que o beneficiário tenha passado por uma perícia presencial anteriormente. A portaria de outubro também permite que a prorrogação seja solicitada a cada 30 dias, quantas vezes forem necessárias, enquanto persistir a incapacidade.

Saiba tudo sobre o Meu INSS

O Meu INSS é uma ferramenta criada para dar maior facilidade à vida do cidadão. Pode ser acessada pela internet do seu computador ou pelo seu próprio telefone celular (Android e IOS).

Para conhecer, digite o endereço gov.br/meuinss ou instale o aplicativo Meu INSS no seu celular, e tenha acesso a mais de 90 serviços oferecidos pelo INSS, sem sair de casa.

É a Agência da Previdência Social na palma da sua mão!

Para utilizar esses serviços é necessário se cadastrar e obter senha, no próprio site ou aplicativo.

To Top