Esporte

Rybakina passa fácil por Svitolina e faz semifinal com Krejcikova por nova decisão em Wimbledon

mixvale

Primeira tenista casaque a conquistar um Grand Slam, com o título de Wimbledon em 2022, Elena Rybakina está a um passo de voltar a decidir o torneio londrino. Nesta quarta-feira, a número 4 do mundo passou sem sustos pela ucraniana Elina Svitolina, 21ª favorita, parciais de 6/3 e 6/2, e avançou às semifinais.

O triunfo da principal favorita em Wimbledon após as quedas de Iga Swiatek e Coco Gauff – Aryna Sabalenka abandonou antes da estreia – veio em apenas 62 minutos de partida. No modo arrasador, a casaque se impôs desde o início para fechar com facilidade e se garantir no caminho de Barbora Krejcikova, de quem ganhou nos dois encontros anteriores, em jogo agendado para esta quinta-feira. A checa se garantiu com 6/4 e 7/6 (7/4) sobre Jelena Ostapenko, da Letônia.

Rybakina perdeu o primeiro saque do jogo, mas logo a seguir devolveu a quebra. E disparou na reta final do set, com três pontos seguidos, para abrir vantagem de 1 a 0. O susto inicial não se repetiu no segundo set, no qual ela logo abriu 2 0. Sempre na frente, quebrou novamente para abrir 5 a 2 e em pontos diretos no saque decisivo, fechou a partida.

O ano de 2024 vem sendo muito bom para a tenista do Casaquistão. Quarta colocada do ranking, ela já ergueu os troféus dos WTA 500 de Stuttgart, Brisbane e Abu Dabi, além de ser vice em Miami e Doha. Na lista, ainda tem uma semifinal em Madri.

Mesmo com bons números, ela pode cruzar na final com uma pedra no sapato na temporada. Jamine Paolini está do outro lado da chave e faz semifinal como favorita diante da croata Donna Vekic. A italiana eliminou Rybakina nas quartas de Roland Garros e também no Aberto de Dubai.

MUSETTI NO CAMINHO DE DJOKOVIC

Lorenzo Musetti levou a melhor na batalha de 3h31 diante do americano Taylor Fritz e será o rival do sérvio Novak Djokovic nas semifinais de sexta-feira. O italiano se garantiu entre os quatro melhores com virada.

Depois de sair perdendo o primeiro set, por 6/3, Musetti fez 7/6 (7/5|) e 6/2. Nova derrota por 6/3 e a decisão acabou no quinto set. Desgastado por outro embate de cinco sets diante de Alexander Zverev, o americano acabou sendo presa fácil na decisão, caindo por 6/1.

A outra semifinal de Wimbledon, também na sexta-feira, terá o atual campeão, o espanhol Carlos Alvaraz, terceiro favorito, diante do quinto cabeça de chave, o russo Daniil Medvedev.

To Top