Bolsonaro diz que deve vetar integralmente fundo eleitoral se veto parcial não for possível
Brasil

Bolsonaro diz que deve vetar integralmente fundo eleitoral se veto parcial não for possível

Bolsonaro diz que deve vetar integralmente fundo eleitoral se veto parcial não for possível

O presidente Jair Bolsonaro admitiu nesta terça-feira que poderá vetar integralmente o fundo eleitoral de 5,7 bilhões de reais aprovado pelo Congresso.

Em entrevista a uma rádio de Mato Grosso, Bolsonaro afirmou que sua intenção seria vetar parcialmente o valor, o que deixaria o fundo em cerca de 3 bilhões de reais. Mas, que se não for possível o veto parcial, a decisão é pelo veto completo.

A previsão foi feita na aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e não há previsão para o veto parcial na legislação.

Se o fundo for vetado integralmente, no entanto, parte do valor poderá ser recuperado no envio do Orçamento de 2022 ao Congresso pelo Executivo, o que dever ser feito até o final deste mês.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH7G0M7-BASEIMAGE

To Top