Cruzeiro #15deMarço manifestação pacífica

Cobertura especial Portal Mix Vale – Jornalista e repórter fotográfico, Luís Henrique Costa, e repórter fotográfico, Renan Odorizi.

IMG_4871-Medium

Cerca de 700 pessoas se encontraram para reivindicar, não somente a democracia, mas também temas ideais para com a sociedade num todo. O Palco foi a “Cidade Menina” e suas ruas.

Em Pauta, uma convocação se fez presente por todo o Brasil. Em São Paulo, números que ultrapassam 1 milhão de pessoas. Em Belo Horizonte, a Polícia estimou 100 mil pessoas, uma estimativa maior do que dos próprios organizadores. Na Capital, Brasília – Alvo do Ato, as vozes invadiram o plenário e casa do poder, o número estimado – mais de 300 mil, e na Capital Carioca, não diferente, seguindo a ordem na casa das 100 mil pessoas. Todos os números são estimativas segundo a Polícia Militar e outros órgãos responsáveis.IMG_4815-Medium

Mas para os números históricos, em âmbitos nacionais e municipais, a manifestação; festa da democracia; encontro de gerações; reunião de mudanças; seja qual for o nome que se dá para uma evento desta magnitude, o ato simplesmente uniu crianças, reforçadas pela simplicidades e forças em punho para levantar a Bandeira Nacional, idosos para exemplificar a história no País, adultos para acompanhar suas famílias e os jovens que fizeram da rede social um meio de comunicação para indignação de toda uma sociedade.

IMG_4741-MediumO sistema democrático, atualmente refém de corrupção e desmandos em todas suas instâncias, hoje, dia 15 de março de 2015, se sentiu revigorado pela a voz da sua essência e do seu mentor – a voz do povo.

Antes bandeiras de partidos, hoje sorrisos de crianças. Antes movimentos sociais, hoje povo na rua. Antes reformas políticas, hoje população pelas ruas. Antes reconhecimento legal de manifestações, hoje vontades e bastas contra a corrupção. Antes políticos e, por fim, hoje uma nação.

Em Cruzeiro, minutos antes da convocação oficial para saída da população, crianças, adultos e idosos renomados da cidade estiveram com a bandeira em alguma parte do corpo, seja física ou da ordem mental. Contudo, as ruas, 3, 4, 7 e avenidas centrais estavam cheias de sonhos, esperanças e lutas para modificar, de fato, um cenário que maltrata nossa Cruzeiro, São Paulo e Brasil.

IMG_4793-Medium

“VempraRua #NaJanelanãoAdianta #ForaDilma #ForaCorrupção #MudançaJá como pode, as tags, conhecidas como palavras chaves utilizadas na internet, estavam entres as vozes que silenciaram os poderes Legislativos e Executivos em Cruzeiro, e para felicidade da democracia, por todo o Brasil.

O Hino Nacional que é deixado de lado, hoje foi obrigatório por cada esquina e por cada viela. Cruzeiro virou São Paulo e o Brasil virou o Povo literalmente. Neste dia 15 de março a democracia foi colada em primeiro grau pela voz do povo, e não pelo voto.

A Polícia Militar, Departamento de Trânsito, Conselho de Segurança e Guarda Civil colaboraram com a manifestação totalmente pacífica. Órgãos que também foram homenageados pelo os manifestantes.

Os resultados todos já sabem, mas agora o cidadão está falando, lendo e vivendo política. Isto é, o cenário mudou e agora o País e seus governantes deverão reconhecer que além de estimativas, quantidade de pessoas, as ruas estavam cheias de visões religiosas, políticas e ideológicas.

Portal Mix Vale

To Top