Governo precisa de estratégia para aprovar Previdência, diz governador do RJ

148
Aposentadoria por invalidez: Quando é concedida pelo INSS?

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), disse nesta quarta-feira, 20, que o governo Jair Bolsonaro precisa de uma estratégia para aprovar a reforma da Previdência, apresentada ao Congresso pela manhã. “É preciso escolher bem o que vai ser discutido da Previdência para que a gente tenha uma reforma aprovada. Vai ser muito difícil aprovar a reforma da Previdência como está aí. O governo precisa de uma estratégia para isso”, comentou.

Witzel explicou que os governadores se dividiram em dois grupos: um que irá trabalhar num substitutivo para a reforma da Previdência, já que muitos ficaram descontentes com o texto, e outro que busca resolver o problema fiscal dos Estados.

Uma comissão formada por parte dos governadores deve se reunir com o ministro da Economia, Paulo Guedes, no dia 19 de março para discutir uma espécie de plano emergencial para as unidades da Federação.

Witzel negou, no entanto, que essa demanda esteja sendo usada como moeda de troca para aprovação da Previdência. “Não há como discutir Previdência sem debater a situação fiscal dos Estados”, justificou.

Por fim, o governador defendeu que policiais militares tenham um sistema de aposentadoria diferenciado.

Renan Truffi e Anne Warth
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.