Economy

Alemanha vai entrar em recessão, dizem institutos, que cortam projeções para PIB 2019 e 2020

BERLIM (Reuters) – A economia alemã entrará em recessão neste trimestre, previu o Instituto Kiel para a Economia Mundial (IfW) nesta quarta-feira, quando reduziu suas previsões de crescimento para a maior economia da Europa devido a disputas comerciais e incerteza sobre o Brexit.

O instituto IfW informou esperar que a economia alemã encolha 0,3% no terceiro trimestre em relação ao trimestre anterior, quando contraiu 0,1%.

A instituição também cortou sua previsão de crescimento para a economia alemã em 2019 de 0,6% para 0,4%. Para 2020, agora vê um expansão de 1,0%, abaixo da estimativa anterior de 1,6%. Para 2021, o instituto prevê aumento de 1,4%.

O instituto econômico RWI também reduziu sua previsão de crescimento para a economia alemã neste ano para 0,4%, contra 0,8% anteriormente. Para 2020, vê crescimento de 0,9%, com crescentes sinais de que a economia está sofrendo forte desaceleração.

A chanceler Angela Merkel disse mais cedo aos parlamentares que a atual situação econômica na Alemanha significa que as receitas tributárias podem ficar abaixo do esperado. Isso poderia limitar o espaço fiscal do governo para combater uma recessão.

No entanto, o ministro das Finanças, Olaf Scholz, disse aos membros do Parlamento na terça-feira que a Alemanha estava pronta para injetar “muitos, muitos bilhões de euros” em sua economia para combater qualquer desaceleração significativa no crescimento e que o país precisa tomar medidas ousadas para atacar as mudanças climáticas antes que seja tarde demais.

(Por Michael Nienaber)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF8A0VN-BASEIMAGE

To Top