Espera do INSS por benefício dá até R$ 77 mil em atrasados
Benefícios

Espera do INSS por benefício dá até R$ 77 mil em atrasados

INSS Previdência Pente-Fino Revisão Antencipação Salário Social Reforma da Previdência Aposentadoria Benefícios FGTS Bolsa Família Nis CNIS Extrato Banco Governo Pis Pasep Pis-Pasep Aposentado Idoso FGTS Caixa Banco do Cálculo Demora Brasil Maternidade Auxílio-Reclusão Saques Pagamento Vencimento Retiradas Refis MeuINSS Auxílio-Doença Aposentadoria Por Invalidez Contribuição BPC-Loas Pensão por Morte Pensionista Empréstimo MEi Consignado

Espera do INSS por benefício dá até R$ 77 mil em atrasados. Quem está na longa fila de análise do INSS vai receber, com a primeira parcela do benefício, os pagamentos mensais acumulados desde o requerimento e corrigidos pela inflação. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

Esses valores são conhecidos como atrasados e são devidos para segurados que aguardaram por mais de 45 dias a análise de seu pedido.

Auxilio Doença poderá ser prorrogado no INSS

De acordo com o INSS, o tempo médio de concessão de uma aposentadoria hoje é de cerca de quatro meses.

A reportagem já encontrou segurados esperando por uma resposta por quase um ano. É o caso do motorista Bernardo de Azevedo Barbosa, 61 anos, que tenta se aposentar desde fevereiro de 2019. “Vai fazer um ano que entrei com meu pedido. Não imaginei que pudesse demorar tanto”, diz.
A pedido da reportagem, o Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários) simulou valores de atrasados para quem pediu benefícios de janeiro a junho de 2019 e recebeu a grana em dezembro do ano passado, último mês em que há um índice de inflação conhecido. Benefícios concedidos a partir de janeiro de 2020 terão acréscimo da inflação do período.

O trabalhador que entrou com pedido no INSS em janeiro do ano passado e teve a aposentadoria concedida em dezembro, no valor de salário mínimo (R$ 998, em 2019), terá direito a R$ 13.222,50 pelo tempo de espera.
Já quem se aposentou pelo teto (R$ 5.839,45, em 2019) e esperou pelo mesmo período receberia R$ 77.366,87 de atrasados, segundo cálculo do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários) considerando que o segurado fez ao menos 80% das suas contribuições sobre o teto previdenciário desde julho de 1994.

Pedidos no INSS aguardam documentação

Para estimar o valor dos atrasados, o trabalhador tem que conferir a data do pedido do benefício. Os atrasados devem ser contados desde a data do requerimento feito pelo telefone 135 ou pelo site Meu INSS.

A data vem informada na carta de concessão do benefício. Nela também é possível conferir os salários acumulados mês a mês. (com CF)

Teto vai a R$ 6.101 no INSS: Acompanhe

To Top