INSS fecha todas as agências no país para evitar aglomerações
Benefícios

INSS fecha todas as agências no país para evitar aglomerações

Principais notícias de benefícios do Brasil - INSS – Bolsa Família – FGTS – BPC – Cadastro Único – Pis-Pasep – Loterias – Minha Casa Minha Vida – Seguro Desemprego - Aposentadoria

INSS fecha todas as agências no país para evitar aglomerações. O INSS fecha as agências no país a partir de hoje e apenas um servidor estará de plantão, por telefone, para esclarecer eventuais dúvidas sobre o Meu INSS. Segundo o órgão, serão disponibilizados aos segurados os telefones das agências para que entrem em contato. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

Na manhã desta quinta-feira (19) agências da Previdência não abriram suas portas ao público na capital paulista e em parte das cidades da Região Metropolitana de São Paulo e do interior.

Segurados do INSS são dispensados da perícia médica presencial(Abre numa nova aba do navegador)

A reportagem esteve no posto da rua Xavier de Toledo, na República (região central), onde os portões já estavam trancados.

O órgão já havia suspendido o atendimento agendado para casos que não exigiam a presença de segurados, como perícias.

A redução de pessoal em meio à propagação da pandemia agravou uma situação recorrente nos postos: a aglomeração de segurados que estão na fila virtual de pedidos de benefícios e que vão às agências na expectativa de obter respostas.

Funcionamento do Pente Fino no INSS: Revisão de benefícios(Abre numa nova aba do navegador)

O INSS espera que, nos próximos dias, grande parte dos servidores já estejam trabalhando na análise, de forma remota. (CC, CG e LL)

INSS vai liberar auxílio-doença sem segurado fazer perícia

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vai liberar o auxílio-doença para os segurados sem que seja feita perícia médica nos postos. A medida valerá para qualquer doença, incluindo coronavírus e para casos de BPC (benefício assistencial) por deficiência.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (19), pelo secretário especial de Previdência, Bruno Bianco, com o objetivo de barrar o avanço da Covid-19 no país. Segundo ele, a análise será feita de forma remota, apenas com o atestado médico do trabalhador doente. O atestado do médico deverá ser enviado pelo Meu INSS, pelo site ou via aplicativo.

“Faremos com que os laudos possam ser recepcionados dentro do Meu INSS, na internet ou no smartphone. O trabalhador preencherá um cadastro e terá a possibilidade de juntar laudo pericial de médico.”

O governo também vai pagar os primeiros 15 dias de afastamento quando o empregado estiver com coronavírus. Hoje, quem paga o salário neste período de afastamento por doença do profissional que tem carteira assinada é o patrão.

Segundo Bianco, a intenção é evitar que segurados e peritos fiquem expostos.

Aposentadoria: INSS começa a pagar valores maiores(Abre numa nova aba do navegador)

To Top