Quarentena: 5 dicas para não cair nas promoções
Benefícios

Quarentena: 5 dicas para não cair nas promoções

comercio 1

Quarentena: 5 dicas para não cair nas promoções. Especialistas em finanças falam como se controlar para fugir das compras compulsivas durante a pandemia do coronavírus e não estourar o orçamento

pandemia de coronavírus afetou tanto os consumidores quanto os comerciantes. Diante deste cenário, muitas lojas estão realizando promoções para manter as vendas. Teresa Tayra, educadora financeira, afirma que “as promoções são ótimas oportunidades para quem já planejava comprar algo”. Ela ressalta, porém, que só é para gastar se tiver condições. Clique nas imagens acima e veja mais.

Crédito imobiliário com juros fixos da Caixa encarece financiamento em até R$ 57 mil(Abre numa nova aba do navegador)

1– Compras compulsivas: é importante estar atento aos “gatilhos” mentais que despertam o desejo de comprar algo que não precisa só por estar em promoção. “Anúncios como ‘aproveite somente essa semana’, ‘último dia da oferta’, ‘80% de desconto’ às vezes são armadilhas e acionam nosso inconsciente a comprar”, alerta Teresa Tayra, educadora financeira.

2- Cartão de crédito exclusivo: Nunca, em hipótese alguma, empreste seu cartões de crédito a parentes, amigos e terceiros. “São inúmeros os casos de pessoas se endividaram após emprestar seus cartões e tiveram de assumir um gasto que não era seu”, diz Teresa Tayra, educadora financeira.

3- Necessidade x desejo: é importante ter em mente o quanto você precisa daquele produto ou serviço e se a sua situação financeira comporta a compra no momento. “Pergunte-se: ‘eu preciso ou eu quero isto?’ Se a resposta for ‘eu preciso’, com julgamento objetivo, compra. Mas se for ‘eu quero’, só pode gastar se o orçamento permitir. “Estamos num período que precisamos preservar nosso dinheiro porque o futuro está muito incerto”, afirma Fábio Gallo, professor de finanças da FGV EAESP

Auxílio emergencial de R$ 600 com as seguintes regras(Abre numa nova aba do navegador)

4- Atente-se aos preço: Para Fábio Gallo, professor de finanças da FGV EAESP, é importante avaliar com atenção a promoção. Ele aconselha a pesquisar os preços de antes e durante a quarentena. “Há ofertas apenas aparentes, nem tudo vale a pena. Temos de comparar preços com outros fornecedores e com anúncios antes da crise”, diz.

Novo Crédito imobiliário com juros fixos da Caixa encarece financiamentos(Abre numa nova aba do navegador)

5- Pesquisar, pesquisar e pesquisar: Para o professor de finanças da FGV EAESP,  Fábio Gallo, a principal dica para evitar gastos desnecessários é pesquisar até deixar a vontade comprar passar. “Pesquisar muito, mas principalmente parar para pensar se vale a pena gastar. Em outras palavras, espere a vontade de comprar passar”, finaliza.

Fonte: R7

To Top