Professor da USP aborda as relações psicossociais na Educação pós-pandemia
São Paulo

Professor da USP aborda as relações psicossociais na Educação pós-pandemia

Professor da USP aborda as relações psicossociais na Educação pós-pandemia

Divulgação/Seduc

Nesta segunda-feira (29), o Centro de Mídias da Educação de São Paulo (CMSP) recebeu o professor doutor da Universidade de São Paulo (USP) Marcelo Afonso Ribeiro, que falou com servidores da rede estadual sobre o convívio social do ponto de vista da psicologia neste período de pandemia. O secretário-executivo da Educação, Haroldo Corrêa Rocha, mediou a conversa.

Os encontros com especialistas em saúde mental e emocional estão sendo promovidos pela Secretaria de Educação do Estado (Seduc-SP). Para Marcelo, também pesquisador e coordenador do Centro de Psicologia Aplicada ao Trabalho, a pandemia é uma experiência inédita e que colocou em xeque pilares que dão segurança a vida, a saúde e ao trabalho e mostrou que somos todos vulneráveis. “Todo mundo perdeu alguma coisa. Todo mundo sacrificou alguma coisa, uns mais, outros menos”, disse.

O professor explicou que, pelas várias experiências de confinamento e isolamento com fatores diversos e pessoas diferentes, não é possível fazer uma análise uniforme e homogênea do impacto psicossocial.

“Obviamente falamos sobre uma projeção, mas cada um reage de uma maneira muito distinta. Às vezes, a não consciência de que somos vulneráveis é que faz com que as pessoas tenham a vida desregrada na alimentação ou na não-prática de atividades físicas, por exemplo, que são elementos que compõe o emocional de cada um”, complementou o secretário-executivo, Haroldo Rocha.

Perspectivas

Marcelo Afonso Ribeiro avaliou que, para alguns alunos, a situação atual pode ser considerada um aprendizado para a vida, mas alerta que para estudantes que já não tinham grandes perspectivas para a futuro a pandemia pode resultar no abandono escolar.

“Os jovens que estão na 3ª série do Ensino Médio estavam se preparando para concluir um ciclo de vida e será uma conclusão totalmente diferente do que eles planejaram. Isso vai impactar, provavelmente, no que eles imaginavam para o ano seguinte”, avaliou.

No chat do CMSP, durante a transmissão, professores da rede estadual aprovaram as ponderações do docente. “Ótima formação”, “Fala excelente para o momento” e “Momento de reflexão e oportunidade” foram alguns dos comentários.

O post Professor da USP aborda as relações psicossociais na Educação pós-pandemia apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.

To Top