Herdeira da Gucci acusa ex-padrasto de abuso sexual ao longo de 16 anos
Últimas Notícias

Herdeira da Gucci acusa ex-padrasto de abuso sexual ao longo de 16 anos

portalmixvalenoticias

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Bisneta de Guccio Gucci, fundador da grife italiana, Alexandra Zarini acusa o ex-padrasto Joseph Ruffalo de abuso sexual e a mãe, Patricia Gucci, e a avó Bruna Palombo de cumplicidade e acobertamento.

Segundo o jornal The New York Time, Zarini move uma ação contra os três familiares no Tribunal Superior da Califórnia, em Los Angeles.

Nos documentos do processo, ainda de acordo com o jornal, a herdeira afirma que começou a sofrer os abusos dos seis até seus 22 anos. Ela detalha os ataques e diz que Ruffalo regularmente ia até sua cama nu, acariciava seus seios e genitais e esfregava seu pênis contra seu corpo.

Zarini alega sua mãe sabia dos abusos sofridos pela filha, ajudava o então marido e permitia que ele filmasse a criança nua durante o banho. Além disso, a herdeira, que hoje tem 35 anos, também relata que sua mãe batia nela regularmente.

Ainda de acordo com os documentos, a mãe e a avó ameaçavam a vítima para que não o denunciasse.

Ao jornal americano, Patricia Gucci lamenta o ocorrido com sua filha, diz que deu início ao processo de divórcio contra Ruffalo assim que soube do ocorrido, em 2007, mas afirma que está arrasada contra as acusações de Zarini contra ela e sua avó.

Já o advogado de Ruffalo, Richard P. Crane Jr., respondeu que o acusado ainda não foi notificado da ação, mas diz que ele nega veemente e categoricamente todas as acusações. “Quando casado com a mãe de Alexandra, Ruffalo e sua esposa estavam muito preocupados com o bem-estar mental de Alexandra e tomaram medidas para lidar com sua instabilidade. Aparentemente, seus esforços falharam.”

To Top