Coelho mexe no time, e Corinthians vence o Bahia no Brasileiro
Últimas Notícias

Coelho mexe no time, e Corinthians vence o Bahia no Brasileiro

portalmixvalenoticias

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Depois de uma semana turbulenta marcada por um forte protesto da torcida, o Corinthians estancou a crise com uma vitória por 3 a 2 diante do Bahia na noite desta quarta-feira (16), em jogo antecipado da 11ª rodada do Brasileiro.

Os gols do Corinthians na Neo Química Arena foram marcados por Otero, Roni e Gil, enquanto Nino Paraíba e Saldanha descontaram para os visitantes.

O fim do jejum de três jogos sem vitória –com duas derrotas e um empate– veio com o dedo do interino Dyego Coelho, que promoveu a estreia de Xavier e Roni, dois volantes da base, e apostou em Otero, Vital, Everaldo e Araos no ataque.

Do outro lado, Mano Menezes perdeu a segunda seguida e ainda não conheceu a vitória sob o comando do Bahia. A equipe chegou ao oitavo jogo sem vitória no Nacional, com cinco derrotas e três empates.

O time baiano iniciou a partida com maior posse de bola e, logo aos 9 minutos, Gilberto, depois de tabelar com Élber, ficou cara a cara com Cássio, mas mandou longe da meta adversária.

Mas foi o Corinthians que abriu o placar, aos 16 minutos. Em cobrança de escanteio ensaiada, Fagner cruzou rasteiro para Otero que, da entrada da área, chutou de primeira, a bola ainda desviou na cabeça de Gilberto e acabou no fundo da rede.

O Bahia por muito pouco não igualou, em novo lance com seu camisa 9, aos 23 minutos. O atacante aproveitou um rebote, porém Avelar estava em cima da linha e afastou o perigo.

A equipe mandante ampliou, aos 33 minutos, em uma bomba de fora da área do estreante Roni. Mas a resposta do Bahia foi rápida. Dois minutos depois, Nino Paraíba, da entrada da área, encheu o pé para diminuir.

Antes do intervalo, o empate quase veio. Aos 37, Gilberto cabeceou perto da trave. Já aos 44, Juninho Capixaba bateu da entrada da área e parou em Cássio.

Na volta, Otero cobrou uma falta venenosa e parou em Douglas. A equipe da casa fez o terceiro aos 15 minutos. Fagner cobrou escanteio e Gil, livre, testou para o fundo do gol. O zagueiro quase fez mais um, aos 24, desviando bola depois de escanteio, mas mandando para fora.

O Bahia ainda teve dois gols bem anulados por impedimento no final, um de Gregore e outro de Clayson. Já aos 43 minutos, o time tricolor descontou novamente. Marco Antônio cobrou escanteio e Saldanha empurrou para o gol.

Com o resultado, o Corinthians chegou a 12 pontos na tabela e avançou para 11º posição. O Bahia, por sua vez, ficou com 9 pontos e ocupa a 16º posição.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton; Xavier e Roni (Gustavo Silva); Otero (Bruno Méndez), Mateus Vital (Sidcley), Araos (Ramiro) e Everaldo (Léo Natel). T.: Dyego Coelho.

BAHIA

Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Wanderson, Ernando e Juninho Capixaba; Ronaldo (Rossi), Gregore, Jadson (Danielzinho) e Rodriguinho (Marco Antonio); Élber (Clayson) e Gilberto (Saldanha). T.: Mano Menezes.

Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa/RJ)

Assistentes: Daniel do Espirito Santo Parro e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)

VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

Cartões amarelos: Fagner e Araos (COR); Nino Paraíba e Ronaldo (BAH)

Gols: Otero (COR), aos 16min, Roni (COR), aos 33min, e Nino Paraíba (BAH), aos 35 min do 1ºT; Gil (COR), aos 15min, e Saldanha (BAH), aos 43min do 2ºT

To Top