Como usar a calculadora para fazer a simulação de Aposentadoria?
Benefícios

Como usar a calculadora para fazer a simulação de Aposentadoria?

MEU INSS
  • Como usar a calculadora para fazer a simulação de Aposentadoria? Serviço que ajuda a saber quanto tempo falta para se aposentar (por idade ou tempo de contribuição).

    A simulação é feita com as informações que estão na base de dados do INSS. Também é possível incluir vínculos e alterar sua data de nascimento no momento da simulação

    O resultado gerado pela calculadora vale somente para consulta e não garante direito à aposentadoria.

    Este pedido é realizado totalmente pela internet, você não precisa ir ao INSS.
  • Quem pode utilizar este serviço?Qualquer pessoa.
  • Etapas para a realização deste serviço
    1. Fazer a simulação
      • Faça login no Meu INSS;
      • Clique em “Do que você precisa?” e escreva “simular aposentadoria”;
      • Confira ou altere seus dados, como data de nascimento ou vínculos, clicando no lápis.
      • Depois clique em “Recalcular”;
      • A partir do resultado você pode “Pedir Aposentadoria” ou “Baixar PDF”.CANAIS DE PRESTAÇÃO   Aplicativo móvel :   
meu inss celular
meu inss celular
  • Outras Informações Quanto tempo leva?Atendimento imediato
    Este serviço é gratuito para o cidadão.

    Para mais informações ou dúvidas sobre este serviço, entre em contatoCentral 158
    Este é um serviço do Instituto Nacional do Seguro Social . Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões favor contactá-lo.

    Tratamento a ser dispensado ao usuário no atendimentoO usuário deverá receber, conforme os princípios expressos na lei nº 13.460/17, um atendimento pautado nas seguintes diretrizes:
    · Urbanidade;
    · Respeito;
    · Acessibilidade;
    · Cortesia;
    · Presunção da boa-fé do usuário;
    · Igualdade;
    · Eficiência;
    · Segurança; e
    · Ética

  • Informações sobre as condições de acessibilidade, sinalização, limpeza e conforto dos locais de atendimentoO usuário do serviço público, conforme estabelecido pela lei nº13.460/17, tem direito a atendimento presencial, quando necessário, em instalações salubres, seguras, sinalizadas, acessíveis e adequadas ao serviço e ao atendimento.
    Informação sobre quem tem direito a tratamento prioritárioTem direito a atendimento prioritário as pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo e os obesos, conforme estabelecido pela lei 10.048, de 8 de novembro de 2000​
To Top