Agência Brasil

Cinco exemplos de como as tecnologias mudam nossas vidas

Cinco exemplos de como as tecnologias mudam nossas vidas

Não concebemos mais a vida sem tecnologia: vamos pela rua falando ao telefone, combinando coisas virtualmente, visitando o lugar para onde vamos passar as férias … são pequenas ações que gradualmente incorporamos ao nosso dia-a-dia, mas que até recentemente nos custavam viagens, tempo e muito dinheiro.

Embora vários serviços e produtos tenham surgido nas últimas duas décadas, muitos deles associados à Internet, ainda existe bastante coisa por vir. O teletransporte, a fórmula da juventude eterna, o prolongamento da vida por várias décadas e as viagens interestelares são alguns exemplos. É curioso que muitos filmes situem no ano 2000, uma figura redonda, um novo milênio, a chegada de muitas dessas descobertas, mas não foi assim, a maioria dessas coisas ainda é mera ficção e esperamos esse futuro chegar até hoje.

No entanto, muito progresso foi feito. Estes são alguns dos grandes protagonistas tecnológicos de nosso tempo:

1-    Água quente em casa

O conforto de ter água quente em casa é uma das primeiras coisas que vale mencionar que evoluiu. Mas hoje em dia, temos invenções incríveis para melhorar ainda mais nossa sagrada experiência no banho. Por exemplo, existem novos aquecedores de NOxque se destacam por seu design inovador, tecnologia, eficiência e conectividade.

Vários tipos de aquecedores hoje são capazes de fornecer água quente para a sua casa de forma fiável, satisfazendo sempre as necessidades do utilizador, mas obter água quente em sua casa com segurança e a qualquer hora, apesar de ser muito fácil hoje em dia, é uma inovação relativamente recente e veio apenas depois de outra tecnologia já estar bem estabelecida: a água encanada. O fornecimento de água encanada sim deve ter sido o primeiro grande desafio do poder público com relação à tecnologia.

2-    Smartphones e suas transformações

Smartphones ou smartphones, que continuam sua tendência ascendente. Já chegamos à marca de mais de 1 bilhão de telefones celulares em todo o mundo. A capacidade de se conectar à rede de qualquer lugar e a qualquer momento é o que causou seu boom. Sua generalização e seu uso estão deixando para trás outras mídias, como o computador desktop e até mesmo os laptops.

Junto com os smartphones, a geolocalização, ou possibilidade de saber a localização geográfica de algo ou alguém. Em seus primórdios era utilizado para controlar onde estavam os veículos de uma frota, uma determinada mercadoria ou mesmo a rastreabilidade dos alimentos. Google, Facebook e Twitter também entraram no mundo da geolocalização com seus respectivos aplicativos. Todas essas informações podem ser muito úteis não só para os amigos que nos localizam ou para saber o que pensamos sobre um local, mas também para as empresas, para promoverem os seus negócios. Isso sem falar nos aplicativos móveis, que são usados ​​em todas as áreas: lazer, viagens, jogos, gestão, saúde, emergências, educação, meio ambiente, ou para atividades tão específicas como aprender línguas ou atuar como “cão-guia” para cegos. Seu sucesso reside no fato de que eles tornam a vida mais fácil e nos divertem.

3-    O suporte digital para textos, filmes e imagem

A imprensa e os livros digitais, a música online, os filmes na Internet … tudo isso têm sido uma verdadeira revolução e também o questionamento de muitos modelos de negócio e até o fim de um modo de vida. Os serviços de hospedagem online se disseminaram e hoje os bits e dados virtuais são tão importantes para nós como os átomos e moléculas da vida real. Dúvidas surgem: Hostinger é confiável? Posso fazer meu site no Google Sites? Devo contratar um webdesigner profissional? A questão é que basicamente não existe mais negócio ou empresa que não pense em ter um site.

Treinamentos e cursos online seguem essa mesma lógica. A educação também está incorporando novidades, não só nas salas de aula – com a introdução de lousas digitais, tablets ao invés de livros, exercícios online etc. – mas também no próprio conceito de treinamento. Não é mais necessário ir pessoalmente a um centro ou ter orçamento para expandir nossos conhecimentos. Na web tem de tudo, até cursos gratuitos de universidades, como Stanford, abertos a todos. É necessário apenas se registrar.

4-    A possibilidade de comprar e vender online

Ainda mais depois da crise sanitária que o mundo testemunhou em 2020, é impossível negar a predominância das vendas digitais atualmente, principalmente nas grandes metrópoles. Hoje em dia, é completamente viável comprar uma coisa pela internet e receber no mesmo dia, mesmo que isso tenha que vir de outra cidade.

Os meios de pagamento inovadores entram neste ramo. Do tradicional pagamento com cartão de crédito ou débito, está evoluindo para o pagamento com o celular, por meio de tecnologias como NFC (Near Field Communication), e até o pagamento com moedas virtuais como o famoso Bitcoin. Nem falamos mais em dinheiro físico…quem é que anda com dinheiro na carteira hoje em dia? Até os criminosos sabem disso, e os roubos e ataques hoje existem também na modalidade cibernética.

Blogs, mensagens instantâneas e redes sociais. Pegar o telefone e conhecer alguém está desatualizado. As mensagens instantâneas, com o WhatsApp à frente, e as redes sociais, com o Facebook na vanguarda com seus bilhões de usuários, geraram uma nova forma de relacionamento e comunicação entre os indivíduos, e entre eles e as empresas. A cada ano, mais usuários e empresas ingressam nas redes sociais. O primeiro como forma de conhecer pessoas, relacionar-se e opinar.

5-    Uma verdadeira globalização com um mundo conectado

Cada vez mais as cidades estão se tornando inteligentes, “inteligentes”, a fim de otimizar os recursos disponíveis e melhorar a vida das pessoas. Essas cidades devem atender a três características: respeito ao meio ambiente, desenvolvimento sustentável e uso de tecnologias de informação e comunicação. Como essas tecnologias funcionam? Com milhares de dispositivos (câmeras, sensores, celulares) que comunicam em tempo real o que está acontecendo ao seu redor, fornecendo informações sobre temperatura, chegada do próximo ônibus, avisos de trânsito, níveis de ruído, presença de CO2, etc.

As coisas são assim: no momento em que apresentamos os eletrodomésticos que podemos controlar a partir do nosso celular, damos um passo gigantesco para a conectividade, para o conforto e para a facilidade de utilização. Na verdade, sem que percebamos, estamos dando passos cada vez maiores em direção ao Futuro, com F maiúsculo.

To Top