INSS informa com será a regra da prova de vida
Benefícios

INSS informa com será a regra da prova de vida

INSS dá início à prova de vida digital na próxima quinta-feira (20)

INSS informa com será a regra da prova de vida A Prova de Vida do Fundo Único de Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro (Rioprevidência), que estava suspensa até março, não tem mais prazo para voltar a acontecer, conforme informou o Governo. O motivo é o agravamento da situação da pandemia no Brasil. Ninguém corre o risco de perder o benefício.

De acordo com o consórcio de imprensa, o Estado do Rio é o segundo com mais mortes do país, atrás apenas de São Paulo, acumulando 34.083 óbitos. O número já supera os enterros por coronavírus de países inteiros, como o Chile, Canadá e Portugal. No total, os casos da doença chegam a 601.666 no Rio.

O Rioprevidência alegou que a medida visa a preservar a saúde dos idosos, os aposentados e pensionistas, evitando deslocamento desnecessário dessas pessoas às agências do Bradesco. Quando uma nova data for definida, as informações serão divulgadas através do site oficial rioprevidencia.rj.gov.br.

O Fundo ainda alertou que não solicita a realização ou confirmação da Prova de Vida por aplicativos, mensagens telefônicas ou e-mails. Qualquer contato nesse sentido é suspeito e pode se tratar de um golpe para o roubo de dados pessoais. Também não é recomendado clicar em nenhum link enviado por desconhecidos por meio de SMS ou internet, em nome do Rioprevidência.

Sem prazo no município

O Recadastramento Anual obrigatório para servidores inativos da Prefeitura e pensionistas do Fundo Especial de Previdência do Município do Rio de Janeiro (Funprevi) também continua suspenso por tempo indeterminado.

Como o alvo da prova de vida são, justamente, pessoas consideradas do grupo de risco para covid-19, como idosos e portadores de doenças crônicas, em janeiro, o Previ-Rio publicou uma portaria no Diário Oficial regulamentando a interrupção.

Essa medida vai ao encontro das determinações para o enfrentamento do coronavírus no Brasil e no mundo, como a proteção dos mais vulneráveis e a recomendação de reduzir a circulação nas ruas e locais públicos, a fim de evitar que aglomerações sejam formadas.

Expectativa de retorno no primeiro semestre na União

O Ministério da Defesa já havia definido, por meio da Portaria Nº 147, de 13 de janeiro de 2021, que a apresentação anual para realização da atualização cadastral anual para prova de vida de militares inativos, pensionistas de militares, militares anistiados políticos e dependentes habilitados estava suspensa até 30 de junho de 2021.

Já no caso dos demais servidores e pensionistas da União, o Ministério da Economia havia decidido manter a suspensão da prova de vida até 31 de março de 2021, por meio da Instrução Normativa 14, publicada no Diário Oficial da União em janeiro.

Procurados pela coluna, ambos os ministérios responderam que não há novidades sobre o assunto e que, mesmo com o aumento de casos e mortes por coronavírus, uma atualização desse prazo não está sendo ainda pensada.

To Top