Benefícios

Criminosos aplicam golpes no BPC pago pelo INSS

bpc loas inss aposentadoria
Imagem Mix Vale

Um novo golpe está sendo aplicado contra beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC), administrado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A fraude, que visa extorquir pessoas idosas elegíveis ao BPC, foi denunciada por um servidor do Serviço Social no Rio de Janeiro.

Como Funciona o Golpe

Idosos estão recebendo mensagens de SMS ou WhatsApp informando que têm direito ao BPC, mesmo sem terem solicitado o benefício. Essas mensagens incluem data, hora e local para comparecimento, além de um boleto de cobrança por um suposto serviço prestado.

Em um caso específico, o intermediário deu entrada no BPC do idoso e se cadastrou como seu procurador. O BPC é concedido administrativamente, sem necessidade de perícia médica, bastando que o idoso tenha 65 anos ou mais e comprove baixa renda. O golpe foi descoberto quando um idoso compareceu ao Serviço Social do INSS em uma agência no Norte-Fluminense, levando a denúncia à Polícia Federal.

Mensagens Fraudulentas

As mensagens fraudulentas detalham a liberação do benefício e incluem um boleto para pagamento dos “honorários” do intermediário. Aqui está um exemplo de mensagem:

Prezado(a) FULANO DE TAL, tudo bem?

Sou sicrano representante do financeiro da NOME DA EMPRESA.

O seu benefício está liberado para recebimento no dia (02.07.2024 às 09:30). Necessito que compareça ao banco na data e horário acima com os seguintes documentos:

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS: – RG – CPF – Comprovante de residência

ENDEREÇO DO BANCO Banco: ITAÚ Endereço: XXXXXX, Nº X – Campos dos Goytacazes – RJ

DADOS FINANCEIROS Valor liberado pelo INSS: R$ 895,00 Valor do escritório: R$ 423,60

BOLETO PARA PAGAMENTO DOS HONORÁRIOS DO ESCRITÓRIO Será encaminhado um boleto após todas as confirmações.

PEÇO QUE LEIA TUDO COM ATENÇÃO E ME CONFIRME SE ESTÁ TUDO CERTO, PARA QUE EU POSSA GERAR O BOLETO. QUALQUER DÚVIDA ESTOU À DISPOSIÇÃO. RESPONDEREI DE VOLTA ASSIM QUE POSSÍVEL.

Outras Tentativas de Golpe

Além do golpe no BPC, outros golpes têm como alvo aposentados e pensionistas do INSS, usando a Prova de Vida como isca. Os golpistas enviam mensagens por carta, e-mail, telefonema ou aplicativos de mensagens, pedindo dados pessoais e fotos de documentos para evitar um suposto “bloqueio no pagamento”. Alguns criminosos chegam a fazer abordagens presenciais, vestidos com uniformes falsos do INSS.

Dicas para se Proteger

  1. Não compartilhe informações pessoais: O INSS nunca solicita dados pessoais por e-mail, WhatsApp ou outros canais de mensagem.
  2. Use canais oficiais: Envie documentos apenas pelo site Meu INSS ou pelo aplicativo oficial.
  3. Cuidado com mensagens e links: O INSS nunca envia links por SMS ou WhatsApp. Utilize o número 280-41 para receber informações oficiais.
  4. Verifique solicitações no Meu INSS: Toda convocação para apresentação de documentos estará registrada no Meu INSS.
  5. Mantenha seus dados atualizados: Atualize informações de contato pelo Meu INSS ou pelo telefone 135.

Os golpes contra beneficiários do BPC e outros segurados do INSS são cada vez mais sofisticados. É essencial que os cidadãos fiquem atentos e utilizem apenas os canais oficiais para qualquer comunicação com o INSS. Denúncias devem ser feitas imediatamente para evitar maiores prejuízos.

Saiba tudo sobre o Meu INSS

O Meu INSS é uma ferramenta criada para dar maior facilidade à vida do cidadão. Pode ser acessada pela internet do seu computador ou pelo seu próprio telefone celular (Android e IOS).

Para conhecer, digite o endereço gov.br/meuinss ou instale o aplicativo Meu INSS no seu celular, e tenha acesso a mais de 90 serviços oferecidos pelo INSS, sem sair de casa.

É a Agência da Previdência Social na palma da sua mão!

Para utilizar esses serviços é necessário se cadastrar e obter senha, no próprio site ou aplicativo.

Cadastre-se!

 Para usar o Meu INSS, você deve ter uma conta ativa no gov.br

Com um único usuário e senha, você pode utilizar todos os serviços públicos digitais que também estejam no gov.br.

Para fazer o cadastro é preciso CPF, nome completo, data de nascimento e responder algumas perguntas do seu cadastro junto ao INSS. 

To Top