Benefícios

Golpe do FGTS em novas formas pela internet: dicas de proteção na Caixa

FGTS Fundo de Garantia mixvale
Criação www.mixvale.com.br

Golpe do FGTS em novas formas pela internet: dicas de proteção na Caixa Recentemente, publicações e vídeos em redes sociais têm prometido desbloqueio do FGTS e saque imediato das contas, atraindo pessoas para sites fraudulentos que solicitam informações bancárias. Essas páginas representam um grande risco de estelionato para os usuários.

Regras de Saque do FGTS

Os saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) só podem ser feitos sob condições específicas, como:

  • Demissão sem justa causa;
  • Saque-aniversário no mês de aniversário do titular;
  • Aposentadoria;
  • Falecimento do trabalhador, permitindo que seus familiares saquem os valores;
  • Financiamento de moradia própria, seja para entrada ou parcelas atrasadas;
  • Doenças graves;
  • Desastres naturais, entre outras descritas no artigo 20 da Lei nº 8.036/1990.

Os canais oficiais para informações sobre o FGTS são o site e o aplicativo do fundo, bem como as agências e o site da Caixa Econômica Federal.

6 Dicas de Segurança para Evitar o Golpe do FGTS

Para evitar cair no golpe do FGTS, siga estas dicas de segurança:

  1. Desconfie de Mensagens Não Solicitadas: Mensagens de WhatsApp, redes sociais ou e-mails que você não esperava podem conter links maliciosos. Verifique sempre a autenticidade da informação.
  2. Verifique a Fonte da Informação: Se receber mensagens relacionadas ao FGTS, entre em contato diretamente com a Caixa Econômica Federal pelos canais oficiais de atendimento. O governo geralmente faz ampla divulgação na mídia quando há ações para liberar saques.
  3. Nunca Compartilhe Informações Pessoais ou Bancárias: Não forneça dados pessoais, como CPF, RG, número de conta bancária ou senhas através de canais não confiáveis.
  4. Não Realize Pagamentos ou Transferências: Saques do FGTS são feitos diretamente entre a Caixa e o beneficiário, sem mediação de terceiros. Evite fazer pagamentos ou transferências solicitadas por desconhecidos.
  5. Esteja Atento à Segurança dos Sites: Ao inserir dados pessoais, certifique-se de que o site é oficial e seguro. Verifique se há um cadeado cinza-escuro na barra de endereço do navegador, indicando protocolo de segurança.
  6. Mantenha Senhas Atualizadas: Utilize senhas fortes, que misturem letras, números e caracteres especiais. Evite usar a mesma senha em vários sites, nunca compartilhe suas senhas e atualize-as periodicamente. Use autenticação de dois fatores sempre que possível.

O Que Fazer em Caso de Golpe do FGTS

Se você suspeita que foi vítima de um golpe do FGTS, siga estas orientações:

  1. Verifique seu Extrato: Acesse uma agência da Caixa, o site ou o aplicativo do FGTS para verificar seu extrato. Se identificar saques não realizados por você, reúna todas as evidências, como prints de conversas e e-mails falsos.
  2. Faça um Boletim de Ocorrência: Registre um boletim de ocorrência, que pode ser feito online no site da Polícia Civil, anexando cópias de toda a documentação comprobatória.
  3. Abra uma Contestação de Saque: Com o boletim de ocorrência em mãos, vá até uma agência da Caixa e solicite a abertura de um processo de contestação do saque. A Caixa tem até 60 dias para responder formalmente.
  4. Procure Assistência Jurídica: Se a resposta for negativa ou se o prazo não for cumprido, consulte um advogado para avaliar as medidas judiciais cabíveis.

Manter-se informado e seguir as dicas de segurança é fundamental para evitar fraudes e proteger seu FGTS. Em caso de dúvida, sempre consulte os canais oficiais da Caixa Econômica Federal.

O que é o FGTS?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é constituído pelos saldos das contas vinculadas, formadas pelos depósitos realizados pelos empregadores em nome dos trabalhadores.

Por que o FGTS foi criado?

O Fundo nasceu com o objetivo de garantir ao trabalhador uma indenização pelo tempo de serviço nos casos de demissão sem justa causa e ainda propiciar a formação de uma reserva a ser utilizada por ele, quando de sua aposentadoria, ou por seus dependentes, quando do seu falecimento.

O FGTS pretendia ser também uma fonte de recursos para o financiamento de programas habitacionais, de saneamento básico e de infraestrutura urbana – o que hoje é uma realidade em todo o país.

Assim, o FGTS tornou-se uma das mais importantes fontes de financiamento habitacional, beneficiando o cidadão brasileiro, principalmente aquele de menor renda.

Como foi criado o FGTS?

O FGTS foi criado pela Lei nº 5.107, de 13 de setembro de 1966 e vigente a partir de 01 de janeiro de 1967. A lei nº 8.036, de 11 de maio de 1990, substituiu a lei nº 5.107 e, hoje, é a principal regulamentação do FGTS.

To Top