Benefícios

CAIXA é o primeiro banco a operar o CREDMEI

Caixa Econômica Federal

A CAIXA é a primeira instituição a operar o CREDMEI, programa do Governo Federal voltado aos microempreendedores individuais, que busca simplificar o acesso a produtos e serviços junto aos bancos credenciados. No portal do Programa, os empresários podem fazer solicitações de forma eletrônica, utilizando seu computador ou smartphone para abrir contas e contratar cheque especial, cartão de crédito e máquina de cartão na CAIXA.

Segundo o vice-presidente de Clientes, Negócios e Transformação Digital da CAIXA, Valter Nunes, a participação do banco no programa está alinhada a seu posicionamento estratégico de ser líder neste segmento. “A parceria da CAIXA reforça nosso compromisso de trabalhar para fortalecer os micro e pequenos negócios e demais empresas brasileiras, além de facilitar o acesso a serviços bancários para os empreendedores do país”, comentou.

O Programa CREDMEI é uma estratégia da Subsecretaria Especial de Micro e Pequena Empresa, vinculada ao Ministério da Economia. O CREDMEI está disponível neste momento para as cidades de Brasília, Curitiba, Fortaleza, Manaus e Vitória. Em breve, a solução também estará disponível para outras cidades. A plataforma pode ser acessada no Portal do Empreendedor, no endereço http://www.portaldoempreendedor.gov.br.

Como acessar:

O MEI acessa o Portal CREDMEI, manifesta sua intenção pelos produtos e realiza upload de documentos. As propostas são analisadas pela CAIXA, que pode solicitar informações e comprovantes de faturamento por meio do WhatsApp oficial do banco. Com a documentação em conformidade, a conta e os produtos são contratados, e o cliente comparece à agência apenas para assinar o contrato. Assim, o empreendedor economiza tempo e dinheiro, e pode se dedicar ainda mais ao seu negócio.

Clientes já podem antecipar Imposto de Renda na CAIXA

A CAIXA já oferece a linha de crédito que permite a antecipação da restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2018/2019. O empréstimo pode ser solicitado pelos clientes pessoa física que enviarem a declaração deste ano à Receita Federal e indicarem a CAIXA como instituição financeira para receber a restituição do imposto. A declaração deve ser feita até o dia 30 de abril.

A linha de crédito tem taxa de juros a partir de 2,10% ao mês. O valor liberado já prevê o desconto dos juros, que são cobrados apenas na liquidação do empréstimo. O pagamento é debitado em conta corrente, no momento em que for creditada a restituição, ou no dia 30 de dezembro de 2019.

O limite de crédito disponibilizado ao cliente é de até 75% do valor da restituição previsto na declaração do IRPF 2018/2019. Caso o valor seja superior ao valor da operação, a diferença permanece na conta do cliente, sendo debitado apenas o valor contratado.

Para o vice-presidente de Produtos de Varejo da CAIXA, Julio Volpp, o produto tem uma das melhores taxas do mercado. “A linha de crédito é uma excelente opção para os clientes que precisam de um recurso imediato para qualquer finalidade, como adquirir um bem, fazer uma viagem ou mesmo para quitar alguma dívida”, comentou.

To Top