Semana terá calor, frio e chuva em São Paulo
Cotidiano

Semana terá calor, frio e chuva em São Paulo

fup20180307231 1

O tempo promete agradar a todos os paulistas nesta semana, que terá sol e calor, frio e chuva. Segundo Josélia Pegorim, meteorologista da Climatempo, a partir desta terça-feira (26) as condições para chuva começam a aumentar no interior do estado de São Paulo.

“Centro-Oeste e Norte de SP já terão pancadas de chuva a partir da tarde, que pode ser forte. Na capital, em Campinas, no Vale do Paraíba e no litoral o tempo ainda fica seco, com sol e calor”, explica.

Na quarta-feira, o calor e a chegada de uma frente fria colocam o estado de SP em alerta para o risco de temporais à tarde e à noite. Nas áreas próximas ao Paraná e a M ato Grosso do Sul, a chuva terá início na madrugada ou pela manhã de quarta-feira.

O alerta também é válido para ventos. Além da chuva, há previsão de ventania em todo o estado. As rajadas podem chegar a 80 km/h.
Na quinta-feira, a situação piora. A chuva começa cedo e todas as regiões do estado ficam sujeitas a temporais. O dia terá céu nublado e entrada de ar frio de origem polar. “De quarta para a quinta, a temperatura pode cair até 10°C na capital paulista”, afirma.

Thomaz Garcia, meteorologista do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas) da Prefeitura de São Paulo, alerta para a chuva forte e generalizada na capital paulista, com potencial para alagamentos. “Evite transitar em ruas alagadas, passar por enxurradas, ficar embaixo de árvores e perto de postes”, aconselha Garcia.

O especialista explica que é normal a entrada de frentes frias nesta época do ano, mas não a sequência de “gangorras”, com temperatura na marca dos 14°C ou 15°C, mas acontece.

“É influência do que acontece no Pacífico. Estamos com situação de neutralidade -sem a influência do El Niño ou La Niña-, que propicia a entrada das frentes frias passando rápido pelo Sul, atingindo o norte do Sudeste (Minas Gerais e Espírito Santo) com mais chuva que em São Paulo. É o que estamos observando nas precipitações. Em São Paulo, deveremos fechar o mês de novembro com chuvas abaixo da média”, explica.

To Top