INSS apontou déficit servidores: Acompanhe
Benefícios

INSS apontou déficit servidores: Acompanhe

Perícias no INSS em São Paulo

INSS apontou déficit servidores: Acompanhe. Há pelo menos seis meses o Instituto Nacional do Seguro Social(INSS) já havia detectado a necessidade de uma quantidade mínima adicional de 13.500servidores para atender aos novos pedidos por benefícios e zerar o estoque de processos existentes até então, de 1,4 milhão.

A informação consta em documento oficial do órgão, o que foi insuficiente para que se resolvesse o problema. Desde então, o número de processos represados subiu para quase dois milhões neste início de ano, incluindo ainda aumento do tempo médio de espera para a concessão do benefício.

O contingente de novos servidores sugerido no documento é quase o dobro dos 7 mil militares da reserva prometidos pelo governo para tentar reduzir a fila de processos represados de pedidos de benefício. Para ler a reportagem completa exclusiva para assiantes clique aqui.

Reforma provocou filas no INSS

O secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, disse que a fila de pedidos de benefícios do INSS foi gerada pela Reforma da Previdência e que será resolvida até o fim do ano. Segundo ele, a digitalização dos serviços facilitou a requisição dos benefícios, mas falta informatizar processos internos para acelerar a concessão.”Em 2019, a digitalização dos serviços prestados para cidadão foi da porta para fora, para o atendimento. Em 2020, nosso foco é melhorar processos internos”, afirmou. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

O Ministério da Economia autorizou o empréstimo de 19 empregados da Dataprev “para compor força de trabalho” no INSS. A iniciativa faz parte das soluções que o governo está desenhando para acabar com a fila de 1,3 milhão de pedidos em atraso até o fim de setembro de 2020.Além do remanejamento de quadros de outros órgãos, foi anunciado que pretende contratar até sete mil militares da reserva das Forças Armadas para auxiliar no atendimento nas agências do INSS.

INSS sem data para revisão geral em 2020

A cessão dos empregados da Dataprev saiu em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) de ontem. O ato também transfere outros 30 empregados da Dataprev para o quadro do Ministério da Economia. Nos dois casos, a cessão será por tempo indeterminado.

INSS pode ter pedidos de benefícos mais facíes

To Top