Bloomberg vence em vilarejo de New Hampshire mesmo sem disputar primária no Estado
Africa

Bloomberg vence em vilarejo de New Hampshire mesmo sem disputar primária no Estado

Por Tim McLaughlin

DIXVILLE NOTCH, Estados Unidos (Reuters) – A sombra do ex-prefeito de Nova York Michael Bloomberg sobre a corrida presidencial do Partido Democrata aumentou um pouco mais nesta terça-feira, após sua surpreendente vitória, mesmo sem participar da disputa, em um vilarejo que tradicionalmente inicia as votações da primária de New Hampshire (NH).

Sem participar de quatro primárias estaduais como parte de uma estratégia de corrida de longa distância para ganhar a indicação do partido para enfrentar o presidente republicano Donald Trump nas eleições de 3 de novembro, o empresário bilionário recebeu três dos cinco votos registrados logo após a meia-noite pelos residentes de Dixville Notch.

Bloomberg, fundador da agência de notícias que leva seu nome, não está disputando a primária de New Hampshire, onde os eleitores se depararam com uma lista de 33 nomes –incluindo candidatos que lideram a corrida, nomes que já desistiram da disputa e outros que não são conhecidos nacionalmente.

O ritual em Dixville Notch, que ocorre há seis décadas, concede ao candidato breves direitos de se gabar, já que a lei estadual não exige que a votação comece até as 11h da manhã.

A equipe de Bloomberg foi rápida em aproveitar a ocasião.

“Não estamos competindo em NH, mas Mike venceu em Dixville Notch”, disse sua equipe em um e-mail com um link para uma matéria da mídia sobre os resultados da cidade no norte de White Mountains, perto da fronteira com o Canadá.

Embora o número de votos do vilarejo seja pequeno no contexto da primária democrata do Estado, que atraiu quase 250 mil eleitores em 2016, o vencedor em Dixville Notch venceu dois terços das primárias do partido disputadas no Estado.

O senador Bernie Sanders e o ex-prefeito de South Bend, Indiana, Pete Buttigieg, são os principais candidatos em New Hampshire, depois de seus resultados no caucus de Iowa na semana passada.

Sanders, que representa o vizinho Vermont no Senado dos EUA, e Buttigieg obtiveram um voto cada em Dixville Notch, onde as cédulas de votação foram inseridas em cabines cobertas com bandeiras norte-americanas na sala principal da Hale House, no Balsams Resort.

Depois que as cédulas foram depositadas em uma caixa de madeira com um cadeado, os votos foram contados e os resultados escritos em um pedaço de madeira compensada branca. Jornalistas de todo o mundo lotaram a sala para gravar o evento.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG1A1UB-BASEIMAGE

To Top