Projeto de lei antecipa restituição junto a Receita do IR aos brasileiros
Benefícios

Projeto de lei antecipa restituição junto a Receita do IR aos brasileiros

INSS Previdência Pente-Fino Revisão Antencipação Salário Social Reforma da Previdência Aposentadoria Benefícios FGTS Bolsa Família Nis CNIS Extrato Banco Governo Pis Pasep Pis-Pasep Aposentado Idoso FGTS Caixa Banco do Cálculo Demora Brasil Maternidade Auxílio-Reclusão Saques Pagamento Vencimento Retiradas Refis MeuINSS Auxílio-Doença Aposentadoria Por Invalidez Contribuição BPC-Loas Pensão por Morte Pensionista Empréstimo MEi Consignado Auxilio Emergencial

Projeto de lei antecipa restituição junto a Receita do IR aos brasileiros. Pessoas físicas contribuintes poderão receber a restituição devida do Imposto de Renda (IR) deste ano em até 15 dias depois do envio da declaração, de acordo com o projeto proposto pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), como forma de reduzir o impacto econômico negativo da crise do coronavírus. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

No projeto de lei apresentado, Randolfe chama a atenção para o esforço internacional de combate à pandemia, situação que, na avaliação dele, vai agravar a crise econômica no Brasil. O senador citou a série de medidas do governo em apoio às empresas em dificuldades, como o adiamento no pagamento de tributos e o acesso ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Ampliação do BPC-Loas no INSS é cancelada(Abre numa nova aba do navegador)

“Os trabalhadores já começam a sofrer as consequências da paralisação da economia e a consequente falta de recursos para suprir suas necessidades imediatas, e mais, com a expectativa de que tudo vai piorar em curto espaço de tempo. Por isso, são necessárias medidas de impacto imediato”, argumenta.

Veja como antecipar sua restituição do Imposto Renda nos Bancos(Abre numa nova aba do navegador)

Segundo o senador, por tratar-se de antecipação, a restituição automática não gera custo adicional ao governo. No entanto, conforme ressalva o texto do projeto de lei, a restituição não tirará da Receita Federal o direito de exigir a devolução de valores indevidos. Fonte www.meiahora.ig.com.br

INSS: Confira o valor da segunda parcela do 13º salário(Abre numa nova aba do navegador)

To Top