Veja como funciona o saque de R$ 998 do FGTS junto a Caixa
Benefícios

Veja como funciona o saque de R$ 998 do FGTS junto a Caixa

INSS Previdência Pente-Fino Revisão Antencipação Salário Social Reforma da Previdência Aposentadoria Benefícios FGTS Bolsa Família Nis CNIS Extrato Banco Governo Pis Pasep Pis-Pasep Aposentado Idoso FGTS Caixa Banco do Cálculo Demora Brasil Maternidade Auxílio-Reclusão Saques Pagamento Vencimento Retiradas Refis MeuINSS Auxílio-Doença Aposentadoria Por Invalidez Contribuição BPC-Loas Pensão por Morte Pensionista Empréstimo MEi Consignado

Veja como funciona o saque de R$ 998 do FGTS junto a Caixa. O trabalhador com conta ativa (do emprego atual) ou inativa do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) tem até o final deste mês para retirar até R$ 998 por conta. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

Até o momento, 59,87 milhões de trabalhadores (62% dos 96 milhões elegíveis) sacaram o valor, segundo a Caixa, totalizando R$ 27,88 bilhões, dos R$ 42,6 bi disponíveis. A modalidade permite resgatar até R$ 998 para quem tinha, em 24 de julho de 2019, conta do FGTS com até esse saldo.
Se não fizer o saque, o trabalhador terá o valor devolvido ao seu FGTS, corrigido. O saque é opcional e pode ser feito só uma única vez.

Veja como sacar a diferença nos valores do FGTS(Abre numa nova aba do navegador)

A opção foi oferecida em 24 de julho de 2019, pelo governo Bolsonaro, para aquecer a economia. Inicialmente, foi anunciada a liberação de R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do FGTS.

Em dezembro, esse teto passou para R$ 998 para quem tinha no máximo essa quantia em uma conta do fundo até 24 de julho de 2019. Quem já havia sacado os R$ 500 pode resgatar essa diferença, de R$ 498.

O trabalhador com mais de R$ 998 no FGTS pode sacar até R$ 500 para cada conta ativa ou inativa.

Confira como usar seu FGTS como garantia em contratação de consignados(Abre numa nova aba do navegador)

Para saber se pode resgatar a grana, basta conferir o seu extrato do FGTS em qualquer agência da Caixa, pelo site www.fgts.gov.br ou pelo Aplicativo FGTS.

O saque pode ser feito em agências da Caixa, nas lotéricas e nos correspondentes Caixa, com documento de identificação. Quem tem o Cartão Cidadão pode fazer o saque no caixa eletrônico. Retiradas de até R$ 100 podem ser realizadas nas lotéricas, com RG e CPF.

Quem faz saque imediato não perde o direito ao seguro-desemprego em caso de demissão sem justa causa.

O saque imediato não tem relação com o saque-aniversário, que terá seu calendário de retiradas iniciado em abril. Segundo a Caixa, até 4 de março, cerca de 2,6 milhões optaram pela modalidade. Quem aderiu poderá sacar, todos os anos, uma quantia parcial do seu saldo no FGTS. O trabalhador não vai poder fazer o saque do fundo no caso de demissão sem justa causa.

É possível efetuar o saque do FGTS sem o cartão cidadão? veja(Abre numa nova aba do navegador)

To Top