IRB Brasil RE diz que Susep instaurou fiscalização especial sobre liquidez regulatória

SÃO PAULO (Reuters) – O IRB Brasil RE comunicou nesta segunda-feira que recebeu ofício do órgão regulador sobre decisão de instauração de Fiscalização Especial, por apresentar insuficiência na composição dos ativos garantidores de provisões técnicas e, consequentemente, da liquidez regulatória.

“A decisão poderá ser revertida assim que as provisões técnicas se adequarem às normas vigentes, a critério da Susep”, disse a resseguradora, acrescentando que a questão foi avaliada em reunião extraordinária do conselho de administração no último dia 8 para buscar alternativas.

A companhia disse entender que a decisão da Superintendência de Seguros Privados (Susep) não afeta a administração regular dos seus negócios.

De acordo com o IRB, tal situação decorre, em especial, dos efeitos da variação cambial sobre as provisões técnicas da companhia em moeda estrangeira, tendo em vista o cenário causado pelo Covid-19, bem como aumento das provisões de sinistros a liquidar no primeiro quadrimestre de 2020.

“A companhia observa elevado índice de solvência e de volume de ativos livres”, ressaltou, explicando que, em virtude de determinadas características, esses ativos não são aceitos pelo órgão regulador para coberturas das provisões técnicas e da margem adicional de liquidez regulatória.

Neste sentido, o IRB afirmou que está comprometido e empenhado “em encontrar alternativas para solucionar a questão, com a maior brevidade possível, mesmo no atual cenário adverso motivado pelo Covid-19”.

(Por Paula Arend Laier)