Carta de concessão do INSS: Aprenda a solicitar e utilizar

auxílio reclusão inss
auxílio reclusão inss

Carta de concessão do INSS: Aprenda a solicitar e utilizar. A carta de concessão é um documento que tem por finalidade informar ao cidadão a forma de cálculo do valor do seu benefício, além de fornecer informações relativas ao banco responsável pelo pagamento. Baixe o Aplicativo Gratuito do Portal Mix Vale

PEDIR CARTA DE CONCESSÃO
Se o seu benefício foi concedido há menos de 20 dias, aguarde o recebimento da carta de concessão em sua residência.

Segurados do INSS precisam concluir a entrega de documentos

Ficou alguma dúvida?

Em caso de dúvidas, ligue para a Central de Atendimento do INSS pelo telefone 135.

O serviço está disponível de segunda a sábado, das 7h às 22h (horário de Brasília).

Já pode se aposentar no INSS? Saiba o que fazer antes de pedir benefício em 2019

A dúvida entre antecipar e retardar o pedido da aposentadoria no INSS, e receber um benefício menor agora ou ter um benefício maior mais tarde, tem deixado o trabalhador agoniado.

Essa angústia é ainda maior porque estamos às vésperas de uma das maiores reformas da Previdência Social da história do país.

Veja o que pode atrapalhar a aprovação da sua Aposentadoria no INSS

No final das contas tem um monte de gente que não sabe o que fazer, nem por onde começar. Afinal, qual é o primeiro passo?

Solicitar na Previdência Social o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), onde constam todos os registros e contribuições do trabalhador e, com este documento em mãos, simule seu tempo de serviço.

Assim será possível saber quanto tempo de serviço possui e quando vai se aposentar. Este é o primeiro passo.

Qual é a justificativa para a correria às agências do INSS e pedir a aposentadoria às pressas?

Eu já vi este filme em várias outras reformas do passado. Muitas pessoas resolveram as coisas de cabeça quente e vão receber benefícios menores para o resto da vida.

Sempre que alguém fala em reforma da previdência é esta correria desnecessária. Ninguém vai perder os direitos que já foram conquistados. Se a lei mudar hoje e ficar demonstrado que o trabalhador tinha direito à aposentadoria com as regras de ontem, nada acontecerá com ele. É o direito adquirido. Então não tem qualquer justificativa para esta correria.

Dá para saber, com segurança, se vale a pena aposentar agora ou esperar mais tempo?

Dá sim, mas não tem uma única receita que se aplica para todo mundo. Cada caso é um caso. E este é o problema.

Ninguém nasceu no mesmo dia que o colega de trabalho; ninguém trabalhou a vida toda no mesmo lugar que o amigo da esquina, nem com os mesmos salários do vizinho, mas todo mundo insiste em querer comparar o seu caso pessoal com o de pessoas como essas. Este é o maior erro.

Cada um deve fazer seu planejamento previdenciário e definir, aí sim, com segurança, o que vai fazer.

Quando o INSS concede uma aposentadoria e o trabalhador vê que o valor que foi aprovado é bem menor daquele que ele imaginava, ele pode desistir de receber o benefício?

Tem algumas condições para que ele possa desistir. Ele não pode receber nenhuma parcela da aposentadoria, não pode sacar o FGTS nem o PIS/PASEP. Se receber algum desses direitos, significa que ele aceitou o benefício.

O trabalhador pode se aposentar e continuar trabalhando? As contribuições para o INSS que são feitas depois de ele se aposentar podem ser utilizadas para aumentar o valor do benefício?

Qualquer aposentado pode continuar trabalhando, exceto se o benefício for por invalidez. Há também algumas limitações para quem tem aposentadoria especial.

A utilização das novas contribuições para aumentar o valor da aposentadoria já foi afastada pelo Supremo Tribunal Federal – STF quando analisou a questão da desaposentação.

Fonte : (16) 3024-3400
BOCCHI ADVOGADOS ASSOCIADOS
Rua Amador Bueno, 800 | 14010-070 | Centro | Ribeirão Preto/SP –
Cortesia da empresa de Educação Previdenciária Aposentfácil.
www.aposentfacil.com.br

Andamento em São Paulo da Nova Previdência