PSG luta contra um dos piores retrospectos de final de UEFA Champions League
Agência Brasil

PSG luta contra um dos piores retrospectos de final de UEFA Champions League

Times franceses têm um péssimo aproveitamento em finais de Liga dos Campeões

Neste domingo (23), Bayern de Munique e PSG fazem a grande final da UEFA Champions League, em Lisboa, a partir das 16h (horário de Brasília). De um lado está um time experiente em finais europeias, e do outro, um clube que participa de sua primeira final e com um título inédito pode melhorar o péssimo retrospecto do seu país em finais de Liga dos Campeões. 

O Bayern entra em campo em busca do seu sexto título da competição. Além de ser a equipe alemã com mais títulos de Liga dos Campeões, também é a equipe com mais participações em final. Contando com o jogo de domingo, são 11 participações do time da Baviera em decisões de Champions. Um cenário completamente distinto do histórico do PSG, que participa pela primeira vez da grande final. Como se a falta de experiência não bastasse, o histórico dos times franceses em finais também não colabora com o time parisiense. 

Ao longo de toda a história da competição, são apenas seis participações de times franceses na decisão. Sem contar a do PSG, claro, porque o jogo ainda não aconteceu, os franceses saíram vitoriosos uma única vez. Portanto, foram cinco vice-campeonatos, o que dá um aproveitamento de 16,7% em finais de Champions League. O aproveitamento só não é pior do que o de países que foram uma única vez para a decisão e perderam, que é o caso de Bélgica, Grécia e Suécia. 

O time francês com mais participações (duas) em finais, também é o único que com um título da mais importante competição do continente. Muito forte no início dos anos 90, o Olympique de Marseille estreou em finais de Liga dos Campeões em 90/91 mas, após empate sem gols no tempo regulamentar, perdeu na disputa de pênaltis para o Estrela Vermelha por 5 a 3.

Duas temporadas depois veio a redenção e a único título de um time francês na UEFA Champions League, até hoje. Contra o poderoso Milan de Van Basten, Maldini, Baresi, Rijkaard e com Fabio Capello de treinador, o Olympique venceu por 1 a 0 com gol de Boli.

As outras equipes francesas que chegaram à final da Liga dos Campeões foram Stade de Reims, Saint-Étienne e Monaco. O Stade Reims perdeu para o histórico Real Madrid dos anos 50, o Saint-Étienne foi derrotado justamente para o Bayern de Munique e o Monaco foi vice-campeão em 2004 na final contra o Porto de José Mourinho. 

A diferença histórica entre Bayern e PSG é grande na competição, assim como entre times franceses e alemães no geral. Ao todo, são 18 participações de clubes alemães em finais. É verdade que 11 são apenas do Bayern de Munique, mas ainda assim a diferença é considerável. O Borussia Dortmund participou de duas finais e venceu uma, assim como o Hamburgo. Eintracht Frankfurt, Borussia Mönchengladbach e Bayer Leverkusen chegaram uma vez a final cada, mas não saíram de campo com o título. 

Vale também destacar que essa não será a primeira vez que o Bayern decide o título da UEFA Champions League contra um time de estreante na final do torneio. Além do PSG, o time alemão já enfrentou outras cinco equipes que nunca tinham chegado na grande decisão da competição europeia. 

Na sua primeira conquista, em 1973/74, quando também fazia sua primeira aparição na final, o Bayern enfrentou o também estreante Atlético de Madrid. Na verdade, os três primeiros títulos do time alemão na UEFA Champions League, que vieram de maneira consecutiva, foram conquistados contra times que nunca antes tinham participado da decisão. Além de Atlético de Madrid, Leeds United e Saint-Étienne perderam para o gigante alemão. Mais tarde, a história foi diferente. Em 1981/82, o Bayern perdeu a final para o Aston Villa e, na temporada 1986/87, foi derrotado pelo Porto. 

A força do time alemão no continente vem de longa data. Além de dominar a Alemanha, sendo o maior campeão da Bundesliga com 30 conquistas, o Bayern é uma potência histórica no cenário europeu. O PSG, por sua vez, com sete conquistas na última década se tornou o segundo time com mais títulos na história do Campeonato Francês. No entanto, busca com essa estreia na final conquistar o título inédito da UEFA Champions League e se estabelecer de vez também como uma potência do futebol europeu. 

Quem vence a final?

– PSG x Bayern de Munique, neste domingo (23/08) às 16h (horário de Brasília)

Já tem um palpite para a final da UEFA Champions League? Corre para o Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, cadastre-se e aproveite o MEGA BÔNUS de 150% no seu 1º depósito para lucrar mais com o seu palpite. 

Sobre o Betsul

O Betsul é o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, desenvolvido para atender os apostadores e torcedores mais exigentes. O site oferece uma interface simples, intuitiva e segura para o apostador se divertir à vontade a partir de diversas modalidades de apostas e uma extensa lista de esportes.

Com o ídolo Falcão, maior jogador de futsal de todos os tempos, como embaixador da marca,  o Betsul também representa o braço brasileiro da Gambling for Change, organização que pretende revolucionar o mercado de apostas esportivas em todo o mundo.

Chamada de Jogo do Bem no Brasil, a iniciativa destina uma quantia do valor arrecadado com apostas no site para uma causa ou instituição social. Isso não implica em nenhum custo adicional para o apostador, é o Betsul que reparte um percentual do seu lucro para fazer o bem.  

O Betsul é um site licenciado pela Curacao eGaming, com regulamentação e registro em Curacao. Número de registro: 8048/JAZ2019-017.

Fonte: Betsul

To Top