Nadal diz que Djokovic teve azar, mas que precisa se controlar
Esporte

Nadal diz que Djokovic teve azar, mas que precisa se controlar

tagreuters com2020binary LYNXMPEG8D1T8 BASEIMAGE

(Reuters) – Rafael Nadal demonstrou alguma solidariedade pelo número um do mundo, Novak Djokovic, depois que seu rival foi eliminado do Aberto dos Estados Unidos por atingir uma juíza de linha na garganta com uma bolada não intencional.

Com a ausência de Nadal, o sérvio Djokovic era o franco favorito ao título em Nova York, mas sua campanha teve um fim repentino na quarta rodada contra Pablo Carreño Busta quando ele atingiu a juíza acidentalmente com a bola após um ponto perdido.

Se tivesse erguido o troféu, teria chegado a 18 títulos de Grand Slam, um a menos do que Nadal e dois a menos que Roger Federer na batalha para ser o maior de todos os tempos.

“As consequências sempre são as mesmas. Nenhuma novidade nisso”, disse Nadal.

“Novak teve azar. As regras dizem claramente que isso é proibido”, disse Nadal em uma coletiva de imprensa do Masters 1000 de Roma, onde retomará a temporada nesta semana depois do hiato de sete meses causado pela pandemia de Covid-19. “Mas é importante ter o autocontrole certo na quadra, senão você pode dar azar.”

Nadal foi um dos vários tenistas que preferiram não disputar o Aberto dos EUA por causa dos receio de viajar durante a pandemia.

O austríaco Dominic Thiem, que Nadal derrotou em seus dois últimos triunfos em Roland Garros, conquistou seu primeiro título de Grand Slam em Flushing Meadows, vencendo uma partida que perdia para Alexander Zverev por dois sets em uma final eletrizante no estádio Arthur Ashe no domingo.

“Fico feliz por Dominic. Ele é alguém que merece conquistar um grande título, é super trabalhador. Muito concentrado em seus objetivos. Boa pessoa, boa pessoa humana. Ele merece”, disse Nadal, que tentará ampliar um recorde triunfando pela 13ª vez no Aberto da França, remarcado para o final de setembro.

(Por Martyn Herman)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG8D1T8-BASEIMAGE

To Top