Até fim do mês terá a antecipação do BPC-Loas do INSS

Previdência Social reforma inss
Previdência Social

Até fim do mês terá a antecipação do BPC-Loas do INSS. Uma portaria conjunta assinada pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Leonardo Rolim, e publicada, oficializa a antecipação do pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas) para as pessoas que deram entrada no benefício durante a pandemia. A medida está em vigor desde abril, e no início de julho o presidente Jair Bolsonaro editou decreto autorizando a prorrogação até 31 de outubro.

O valor da antecipação é de R$ 600, e vale para pedidos de BPC/Loas feitos a partir do dia 2 de abril.

Para realizar o pagamento do benefício assistencial às pessoas com deficiência, o INSS considera a inscrição no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) e no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). Além disso, para ter direito à antecipação, o requerente deve se enquadrar nas regras de renda relacionadas ao grupo familiar, que pode ser de até um quarto do salário-mínimo (R$ 261,25).

A antecipação se encerrará com a avaliação definitiva do requerimento pelo INSS.

Se o benefício é concedido, o valor de um salário mínimo (hoje em R$ 1.045) é pago a partir da data de entrada do requerimento, deduzindo-se os valores pagos a título da antecipação prevista.

Por exemplo, caso o segurado tenha recebido um mês de antecipação, seu primeiro pagamento de BPC/Loas será de R$ 445, ou seja, R$ 1.045 menos os R$ 600 antecipados.

Contudo, se houver comprovação de que o requerente não tem direito ao benefício, não será cobrada a devolução do valor pago a título de antecipação, desde que não comprovada má-fé.

Quem tem direito ao BPC/Loas

O Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas) é um pagamento de um salário mínimo mensal concedido a brasileiros que não atingiram o tempo mínimo de contribuição ao INSS necessário para se aposentar. Têm direito a esse pagamento homens e mulheres acima de 65 anos, que possuam renda familiar por pessoa de até um quarto do salário mínimo, além de pessoas com deficiência.

Como pedir o BPC pelo Meu INSS

1) Acesse o aplicativo Meu INSS e insira o login e a senha

2) Clique em “Agendamentos/Solicitações”

3) Selecione “Novo requerimento”

4) Escolha a opção “Benefícios assistenciais” e selecione o caso desejado (idoso ou pessoa com deficiência)