Doze dias é o tempo médio para agendamento de perícia no INSS

cnis meu inss
cnis meu inss

Doze dias é o tempo médio para agendamento de perícia no INSS. Há quase um mês após a reabertura de parte das agências do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), o tempo médio para agendamento de perícia médica é de 12 dias. Atualmente, 325 agências estão aptas ao atendimento pericial presencial. Segundo a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, esse número vai aumentar de acordo com as vistorias que forem realizadas em cronograma do instituto.

auxílio reclusão inss
auxílio reclusão inss

Até agora, 26% do total de 3.500 peritos médicos federais ativos voltaram a atender presencialmente. A secretaria explica que quase 40% preenchem requisitos para permanecer em trabalho remoto, segundo os critérios estabelecidos em normativos federais. Outros são peritos em agências que ainda não estão aptas ao retorno do atendimento presencial.

As agências começaram a reabrir gradualmente em 14 de setembro, mas o retorno dos peritos foi a partir do dia 25, após impasse com a ANMP (Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais), que questionava as medidas de segurança contra a covid-19.

Desde o retorno das atividades periciais, 162.253 agendamentos já foram solicitados e 65.270 requerimentos estão com perícia agendada para os próximos dias, segundo a secretaria.

“Com medidas para intensificar a reabertura das agências e aumentar o número de peritos em atendimento, a expectativa é de que até dezembro o número chegue a mais 1.800 peritos, com capacidade de trabalho de cerca de 400 mil perícias mensais, o que é suficiente para atender a demanda”, afirma a secretaria em nota.

Antecipações

Mesmo com a volta da perícia nas agências, ainda é possível pedir antecipação do auxílio-doença ao INSS, de forma remota, até 31 de outubro. Neste caso o segurado deve anexar um atestado médico junto ao requerimento, feito, exclusivamente, pelo “Meu INSS”. 

A perícia é necessária para a concessão de vários benefícios, como auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, BPC (Benefício de Prestação Continuada), entre outros. Mas só são atendidos segurados com agendamento feito pelo Meu INSS ou pelo telefone 135.

Veja como agendar

O agendamento pode ser realizado pelo segurado por meio de três canais: site ‘Meu INSS’; aplicativo de celular ‘Meu INSS’ e pela Central telefônica 135.

1- Acesse o aplicativo ou site do ‘Meu INSS’;

2- Efetue o login na plataforma;

3- Clique em ‘Agendar Perícia’

4- Selecione uma das opções: ‘Perícia inicial’; ‘Perícia de prorrogação’; e “Remarcar perícia” (reagendamento);

5- Siga os próximos passos e finalize o agendamento

O acompanhamento do pedido pode ser realizado por meio da opção ‘Agendamentos/Solicitações’.

Fonte R7