Ásia: Bolsas fecham mistas, apesar de bom desempenho da balança comercial chinesa

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta terça-feira, 13, embora a balança comercial chinesa tenha mostrado desempenho melhor do que o esperado no mês passado. Na China continental, o índice Xangai Composto teve alta marginal de 0,04% hoje, a 3.359,75 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,65%, a 2.304,19 pontos.

Dados oficiais publicados durante a madrugada mostraram que as exportações chinesas tiveram expansão anual de 9,9% em setembro, superando expectativas de acréscimo de 9,6%. No mesmo período, as importações da segunda maior economia mundial deram um salto de 13,2%, bem maior do que o modesto incremento de 0,54% previsto por analistas. Os últimos resultados confirmam que a China continua se recuperando do violento impacto que sofreu com a pandemia do novo coronavírus no começo do ano.

Em outras partes da Ásia, o japonês Nikkei subiu 0,18% em Tóquio, a 23.601,78 pontos, mas o sul-coreano Kospi registrou ligeira baixa de 0,02% em Seul, a 2.403,15 pontos, interrompendo uma sequência de oito pregões de valorização, e o Taiex recuou 0,07% em Taiwan, a 12.947,13 pontos. Já em Hong Kong, os negócios desta terça foram cancelados devido a um alerta de tufão.

Ações de fornecedores da Apple se destacaram com ganhos robustos nos mercados japonês, sul-coreano e taiwanês. Ontem, o papel da Apple saltou 6,35% em Nova York, na expectativa para o lançamento de novos iPhones nesta terça-feira, os primeiros habilitados para a tecnologia 5G.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul hoje, acumulando ganhos pela sétima sessão consecutiva. O S&P/ASX 200 avançou 1,04% em Sydney, a 6.195,70 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).