Avassalador em casa, Atlético-MG recebe o Fluminense

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) – O Atlético-MG mostra a cada rodada sua força dentro do Mineirão. Imbatível em casa, a equipe dirigida por Jorge Sampaoli tenta comprovar seu poderio mais uma vez nesta quarta-feira (14), às 21h30, contra o Fluminense, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Atlético-MG venceu as sete partidas disputadas em casa, com 21 gols marcados e cinco sofridos. Na rodada passada, passou pelo Goiás com um placar de 3 a 0. Mas a partida no Mineirão é um bom exemplo daquilo que Sampaoli quer melhorar.

O Atlético finalizou por 23 vezes, sendo 11 na direção do gol, mas “só” balançou as redes em três oportunidades, motivo suficiente para seu técnico reforçar que a vitória poderia ser alcançada por uma margem mais elástica. Mesmo descontadas as boas defesas do goleiro Tadeu, as conclusões equivocadas por parte do Atlético já foram notadas em outras partidas, algumas delas custando caro ao time.

Apesar de ter o melhor ataque, o Atlético também é uma das equipes que mais tem chances perdidas, com 23 oportunidades, segundo dados do Sofascore. O número só é inferior ao do vice-líder Flamengo. Em casa, o desempenho segue avassalador. Com 100% de aproveitamento, o Galo tem média praticamente de um gol a cada meia hora.

Mas a situação não é a mesma longe de Belo Horizonte, onde a média cai para um gol a cada 70 minutos. Na semana passada, a derrota amarga para o Fortaleza veio acompanhada de uma atuação abaixo da esperada mesmo jogando com um a mais durante todo o segundo tempo. Outro revés bastante lembrado no Brasileirão aconteceu para o Botafogo. Na ocasião, os mineiros finalizaram 31 vezes, mas só nove foram no alvo e apenas uma cruzou a linha do gol.

Essa preocupação de Sampaoli em aproveitar melhor as oportunidades no ataque casa com a procura da diretoria por mais um atacante. Atualmente, Sasha tem sido a principal referência dentro da área, mas não é um exímio centroavante, já que sai frequentemente da área e tem participação importante principalmente para abrir espaços para a chegada de outros companheiros dentro da grande área.

O Atlético-MG é líder do Brasileirão e conta com o melhor ataque do torneio, com 29 gols marcados. Diante do Fluminense, os desfalques são o atacante Savarino, o zagueiro Junior Alonso e o meio-campista Franco, que estão servindo suas seleções.

O Fluminense ganhou nas últimas duas rodadas e conquistou nove pontos nos últimos 12 disputados. Diante do Atlético-MG, o meia Nenê e o centroavante Fred serão poupados.

ATLÉTICO-MG

Éverson; Guga, Réver, Igor Rabello, Guilherme Arana; Jair, Allan, Nathan; Marrony, Eduardo Sasha, Keno. T.: Jorge Sampaoli

FLUMINENSE

Muriel; Igor Julião (Calegari), Luccas Claro (Digão), Nino, Egídio; Hudson, Dodi, Yago Felipe; Fernando Pacheco, Felippe Cardoso (Lucca), Luiz Henrique. T.: Odair Hellmann

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Horário: 21h30 desta quarta-feira

Juiz: Raphael Claus (SP)