BC tem disposição para usar reservas no câmbio, mas não deseja fazer isso, diz Serra

.

BRASÍLIA (Reuters) – O diretor de Política Monetária do Banco Central, Bruno Serra, disse nesta quarta-feira que a autoridade monetária tem disposição para usar as reservas internacionais em sua política cambial, mas que não deseja fazê-lo.

Em evento virtual organizado pela Renascença DTVM e Panamby Capital, Serra também destacou que caso algum desdobramento fiscal leve o BC a abandonar sua política de “forward guidance” –por meio da qual se comprometeu a não elevar os juros mantidas algumas condições– isso não significa que a taxa Selic seria necessariamente elevada.

“Qualquer coisa pode acontecer depois da queda do forward guidance”, afirmou Serra, ressaltando que o BC nesse caso voltaria a discutir seu cenário base, o balanço de riscos e mudanças nas projeções de inflação.

(Por Marcela Ayres)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG9D1DH-BASEIMAGE