Napoli perde jogo para a Juventus por WO e é penalizado com um ponto na tabela

Gerardo Mastrandrea, juiz desportivo da Federação Italiana de Futebol (FIGC, sigla em italiano), sentenciou, nesta quarta-feira, a derrota do Napoli, por 3 a 0, além da perda de um ponto na classificação por não ter se apresentado para a partida contra a Juventus, em Turim, dia 4 de outubro, em duelo válido pela terceira rodada do Campeonato Italiano.

O time de Nápoles teve dois casos de covid-19 em seu elenco – o polonês Piotr Zielinski e o macedônio Elijf Elmas, além de um membro da comissão técnica – e a delegação foi impedida de viajar para Turim pelas autoridades locais por causa da falta de segurança sanitária. Os jogadores da Juventus, assim como a arbitragem, além de jornalistas e cerca de mil torcedores, compareceram e foram ao gramado da Allianz Arena.

A Série A, liga que organiza o Campeonato Italiano, manteve a postura de que a partida deveria acontecer, pois o Napoli tinha pelo menos 13 jogadores à disposição para atuar – mínimo necessário segundo o protocolo atual.

“O juiz desportivo ordena a aplicação das sanções previstas pelo artigo 53 das NOIF (normas organizativas internas da FIGC) pela não disputa da partida entre Juventus e Napoli: derrota por 3 a 0 e um ponto de penalização para a temporada 2020/2021”, informou o comunicado oficial da Serie A.

Com a punição, o Napoli, que havia vencido os dois primeiros jogos, passa a somar cinco pontos e cai para a oitava colocação, enquanto a Juventus alcança os sete pontos, junto com Sassuolo e Internazionale. A liderança continua com Atalanta e Milan, ambos com nove pontos cada.