Viñales supera frio e é o mais rápido nos treinos livres para a etapa de Aragão

O espanhol Maverick Viñales foi o mais rápido nas duas sessões de treinos livres, nesta sexta-feira, no circuito de Alcañiz, onde domingo será disputado a etapa de Aragão da MotoGP. O piloto da Yamaha YZR M 1 fez a melhor volta à tarde com o tempo de 1min47s771. O período da manhã foi prejudicado por causa da baixa temperatura (11º C).

O frio no circuito espanhol causou vários problemas para os pilotos por causa da falta de aderência dos pneus. Com isso, os franceses Fabio Quartararo (Petronas Yamaha SRT), líder do Mundial, e Johann Zarco (Ducati Desmosedici GP19), além do espanhol Alex Márquez (Repsol Honda RC 213 V) acabaram sofrendo quedas. O próprio Viñales precisou mostrar habilidade para não ir ao chão.

Quartararo ficou em segundo com 1min48s020, seguido pelo companheiro de equipe, o italiano Franco Morbidelli (1min48s218). O quarto melhor tempo foi do espalhol Joan Mir (Team Suzuki Ecstar), com 1min48s501, à frente do britânico Cal Crutchlow (LCR Honda Castrol).

Positivo para covid-19, o italiano Valentino Rossi foi ausência sentida por todos e principal assunto nos boxes. O supercampeão também deverá ficar ausente da prova da semana que vem, mais uma vez em Alcañiz, com a etapa de Teruel.

Os rumores de que o espanhol Marc Marquez poderia participar da corrida de Aragão não foram confirmados. O hexacampeão mundial não está recuperado da cirurgia que sofreu no braço direito.

Quartararo lidera o Mundial com 115 pontos, à frente de Mir, que soma 105. O italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, soma 97, contra 96 de Viñales. O japonês Takaaki Nakagami, da LCR Honda Idemitsu, tem 81. Depois de Aragão, a temporada tem mais quatro corridas previstas.