Com safra atrasada, Paraná tem menos lavouras de soja em bom estado, diz Deral
Agro

Com safra atrasada, Paraná tem menos lavouras de soja em bom estado, diz Deral

SÃO PAULO (Reuters) – O plantio de soja do Paraná atingiu 92% da área projetada, avanço de oito pontos percentuais ante a semana anterior, mas ainda assim não o suficiente para atingir o índice da mesma época do ano passado, na medida em que o Estado lida com chuvas irregulares na temporada 2020/21, conforme dados do Departamento de Economia Rural (Deral) publicados nesta terça-feira.

Além disso, o Deral apontou que o percentual de lavouras em bom estado é de 70%, dez pontos abaixo do verificado na mesma época do ano passado. Em condições médias estão 27% das plantações de soja, contra 18% no mesmo período de 2019, enquanto há 3% em situação ruim, versus 2% na mesma comparação.

Diante do atraso do plantio, o Estado que é o segundo produtor de soja do Brasil, atrás do Mato Grosso, também enfrenta um consequente desenvolvimento mais lento da safra.

Até segunda-feira, 3% das lavouras da oleaginosa estavam em floração, versus 5% em data próxima de 2019, enquanto 82% da área se encontrava em desenvolvimento vegetativo, contra 86% em 2019.

Ainda em germinação estavam 15% das lavouras, enquanto no mesmo período do ano passado neste estágio inicial estavam 9%.

“Algumas regiões estão relatando que as chuvas, apesar de terem ocorrido, ainda estão abaixo das necessidades”, disse o economista do Deral, Marcelo Garrido.

Ele afirmou ainda que, em algumas áreas com menos chuvas, haverá necessidade de replantio de soja, o que eleva custos com sementes, combustíveis, maquinário e mão de obra.

“A possibilidade de algum problema de produtividade em uma região ou outra existe! Tudo ainda vai depender das chuvas das próximas semanas. Mas ainda é cedo para falarmos em problemas maiores”, acrescentou Garrido.

A safra de soja no Paraná deve alcançar 20,5 milhões de toneladas na safra 2020/21, segundo estimativa de outubro do Deral, o que seria uma queda de 1% quando comparado ao desempenho da temporada passada.

O Deral também apontou um plantio de milho verão mais lento, que atingiu 98% da área (ante 100% há um ano), enquanto a colheita de trigo atingiu 99% da área (ante 98% há um ano).

(Por Roberto Samora)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGAG1E0-BASEIMAGE

To Top